Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1005

Título: O tamanho das roupas e o auto-conceito sexual em indivíduos do sexo feminino
Autor: Pacheco, Adília Maria de Almeida Alves, 1968-
Orientador: Santos, Sara Bahia dos, 1959-
Vieira, Rui Xavier, 1950-
Palavras-chave: Mulheres
Beleza
Pesos e medidas corporais
Tamanho corporal
Auto-imagem
Emoções manifestas
Comportamento sexual
Amostragem
Análise estatística
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Resumo: As mulheres são particularmente susceptíveis às imagens de beleza magra sugeridas pelos media e socialmente aceites, que tendem a provocar sentimentos de desadequação, a diminuir a auto-estima feminina e levam a uma permanente insatisfação com a sua imagem corporal, conduzindo por vezes a comportamentos disruptivos, nomeadamente a desordens do comportamento alimentar. Os tamanhos da roupa que se veste são um reflexo da dimensão e forma do corpo, e uma consequência de factores como o peso, altura e as formas do corpo. Neste trabalho pretendeu-se compreender se existe alguma relação entre os tamanhos da roupa que se veste, o auto-conceito sexual e o envolvimento em relações afectivas amorosas e/ou relações sexuais. Participaram neste estudo 84 mulheres com idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos. Foram registadas medidas corporais que permitiram o cálculo do IMC, RCA e o tamanho da copa. Todas as inquiridas preencheram um questionário onde foram pedidos dados sociodemográficos, caracterização de hábitos relacionados com a compra de roupa e o acto de se vestir, actividade amorosa e sexual e, por último o questionário MSSCQ (Snell, 1995)- Multidimensional Sexual Self-Concept Questionnaire, um instrumento desenvolvido para medir aspectos do auto-conceito sexual. Após a análise estatística, que incluiu a aplicação testes de significância, testes de quiquadrado, testes de diferenças de médias e testes paramétricos (ANOVA's), verificou-se não existir relação directa entre o tamanho da roupa e o auto-conceito sexual, o envolvimento em relações amorosas e/ou em relações sexuais. Foram encontradas correlações (ao nível p=0,05), que associam positiva e significativamente a facilidade em vestir-se e sentimentos positivos em relação ao acto de se vestir e de comprar roupa com a auto-eficácia sexual, satisfação sexual e controlo interno da sexualidade. Verifica-se também a tendência para as inquiridas mais satisfeitas co
Women are particularly susceptive to thin beauty images, socially accepted and suggested by media, which tend to induce negative feelings of inadequacy, diminish selfesteem and guide to a permanent dissatisfaction with their body image, leading to disruptive behaviours, as eating disorders or other compensatory behaviours. The clothes sizes are consequence of body dimensions and factors such as weight, height and body forms. In this study we intended to understand, if existent, the relation between clothes sizes, sexual self-concept and involvement in emotional/amorous relationships and sexual relationships. In this study, 84 women ages among 18 and 45 years were measured in order to calculate BMI, hip/waist ratio and breast size. All the inquired filled a questionnaire about social data, habits related with clothing purchase and dressing, sexual and afective activity and the MSSCQ (Snell, 1995) questionnaire - Multidimensional Sexual Self-Concept Questionnaire, an instrument developed to measure aspects of the sexual self-concept. The statistic analysis include significance tests, qui-square tests, mean difference tests and parametric tests (ANOVA). We found no relationship between the clothes size and sexual self-concept. We found positive and significant correlations (p=0.05 level) relating easiness while dressing and shopping for clothes and positive feelings towards dressing, with sexual selfefficacy, sexual satisfaction and internal sexual control. We also found a tendency relating being satisfied whit ones clothing sizes and higher scores of sexual self-concept.
Descrição: Tese de mestrado em Sexualidade Humana, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10451/1005
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17226_CAPA_TESE_FINAL.pdf207,84 kBAdobe PDFView/Open
17227_TESE_ADILIA_ALVES_PACHECO.pdf1,03 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia