Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1008

Título: Quanto custa morrer?
Autor: Feio, Maria Madalena Tavares da Mata Moreira, 1962-
Orientador: Marques, Manuel Silvério, 1946-
Gouveia, Miguel
Palavras-chave: Cuidados paliativos
Cuidados a doentes terminais
Serviços de saúde
Custos de cuidados de saúde
Contabilidade
Sintomas
Narcóticos
Teses de mestrado
Portugal
Issue Date: 2007
Resumo: Os gastos em Saúde concentram-se na fase final da vida. Hoje, a maior parte das mortes por doença ocorrem em internamento. Em estudos internacionais tem sido reconhecido que doentes com doenças progressivas e avançadas falecem com descontrolo sintomático. Foi feito um estudo retrospectivo em que se investigou naqueles que faleceram no Concelho de Évora por doença oncológica avançada e progressiva, diagnosticada há mais de um mês, o uso que fizeram do Hospital do Espírito Santo de Évora no último mês de vida. Quantificou-se: dias de internamento, consultas externas, idas à urgência, exames complementares. Foram também pesquisados sintomas presentes e prescrição de opióides. Por dados obtidos por contabilidade analítica do HES-Évora calcularam-se os custos feitos com estes doentes. Foram identificados 235 pessoas falecidas com doença oncológica. Destes 118 obedeciam aos critérios definidos. Idade média 69,1 + 10,7 anos, 69,5% eram do sexo masculino, 55% residiam no Concelho de Évora. As topografias mais comuns foram o aparelho digestivo, 31% e o pulmão 20,3%. Os sintomas mais frequentes foram a sonolência, a dor, a dispneia e a astenia. Os opióides foram prescritos a 48,3% dos doentes. Em internamento faleceram 82,2%, no Serviço de Urgência 11% e 4% no domicílio. Estiveram internados 84,7%, foram a consultas externas 40,6% e recorreram à Urgência 60,7% dos doentes. Todos os doentes fizeram pelo menos um exame complementar. O total de custos calculado foi de 379.761,35 . O internamento e as Urgências corresponderam às maiores parcelas. Os custos médios por doente, neste último mês de vida, foram 3218,32 . As principais respostas oferecidas a estes doentes foram o internamento e a Urgência. Verificou-se um custo grande associado ao uso do Hospital por doentes com doença oncológica avançada e progressiva, no último mês de vida, associado a indicadores de menor qualidade nos cuidados.
Descrição: Tese de mestrado em Cuidados Paliativos, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10451/1008
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
13451_Quanto_custa_morrer.pdf2,61 MBAdobe PDFView/Open
13452_a.pdf28,38 kBAdobe PDFView/Open
13453_a1.pdf107,35 kBAdobe PDFView/Open
13454_a2.pdf196,53 kBAdobe PDFView/Open
13455_a3.pdf200,4 kBAdobe PDFView/Open
13456_a4.pdf195,33 kBAdobe PDFView/Open
13457_a5.pdf202,27 kBAdobe PDFView/Open
13458_a6.pdf208,17 kBAdobe PDFView/Open
13459_a7.pdf193 kBAdobe PDFView/Open
13460_a8.pdf22,94 kBAdobe PDFView/Open
13461_a9.pdf119,19 kBAdobe PDFView/Open
13462_a10.pdf200,43 kBAdobe PDFView/Open
13463_a11.pdf191,88 kBAdobe PDFView/Open
13464_a12.pdf200,86 kBAdobe PDFView/Open
13465_a13.pdf202,77 kBAdobe PDFView/Open
13466_a14.pdf194,29 kBAdobe PDFView/Open
13467_a15.pdf186,42 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia