Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/1009
Título: Qualidade de amendoins consumidos em Portugal : flora fúngica e pesquisa de micotoxinas
Autor: Silvério, André Ferreira Alves, 1981-
Orientador: Lopes, Maria Manuel Pereira, 1960-
Palavras-chave: Micotoxinas
Aflatoxina B1
Ocratoxinas
Fungos
Cromatografia líquida de alta pressão
Arachis hypogaea
Portugal
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: Mycotoxins are fungal secondary metabolites that may contaminate food and feed. Chronic ou acute exposure to mycotoxins may induce illness in humans and animals, mainly by its hepatotoxic, nephrotoxic and carcinogenic effects. The mycological and mycotoxicological contamination were analysed in roasted peanuts, available in the portuguese market. Twelve samples, mostly pre-packed, were analysed. Mycological content, determined by dilution followed by plating in Rose Bengal Chloramphenicol Agar medium, revealed 11 samples contaminated by molds, with average mycological content of 3.7 x 103 CFU/g. Most frequently isolated molds were Penicillium chrysogenum, Cladosporium spp. and Alternaria spp. Fungi generally associated with mycotoxin production were also isolated, as Aspergillus flavus and Aspergillus niger. Samples were purified with immunoaffinity columns, and mycotoxin determination, by high performance liquid chromatography with ultra-violet detection, carried on aflatoxin B1 and ochratoxin A. Detection frequency for aflatoxin was 50%, with content varying between 0.199 and 1.506 µg/Kg, below the European Union maximum authorized limit. Only one sample has shown detectable ochratoxin A concentration, 1.072 µg/Kg
As micotoxinas são metabolitos secundários de fungos filamentosos, que actuam comocontaminantes em alimentos e rações. A exposição, crónica ou aguda, às micotoxinas podeprovocar doença no homem e em animais, nomeadamente por efeitos hepatotóxicos,nefrotóxicos e carcinogénicosA contaminação micológica e a contaminação por micotoxinas foram estudadas emamendoins torrados disponíveis no mercado português. Foram analisadas 12 amostras deamendoim, maioritariamente pré-embalado.O teor micológico, determinado por diluição das amostras seguida de plaqueamentoem meio Rose Bengal Chloramphenicol Agar, revelou que 11 das amostras estavamcontaminadas por fungos filamentosos, sendo o teor médio de 3,7 x 103 UFC/g.Os fungos isolados mais frequentemente foram Penicillium chrysogenum,Cladosporium spp. e Alternaria spp. Foram igualmente isolados fungos associados àprodução de micotoxinas como Aspergillus flavus e Aspergillus niger.As amostras foram sujeitas a purificação por coluna de imunoafinidade e adeterminação de micotoxinas, efectuada por cromatografia líquida de alta resolução comdetecção por ultra-violeta, debruçou-se sobre a aflatoxina B1 e a ocratoxina A.A frequência de detecção de aflatoxina foi de 50%, tendo o teor oscilado entre 0,199 e1,506 µg/Kg, abaixo do valor máximo admitido na União Europeia. Apenas uma amostrarevelou concentrações quantificáveis de ocratoxina A, 1,072 µg/Kg
Descrição: Tese de mestrado, Medicina (Microbiologia Clínica), Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000571113
http://hdl.handle.net/10451/1009
Aparece nas colecções:FM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
21036_ulsd057607_tm2.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.