Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10203
Título: A aprendizagem da inclusividade através da diferenciação : Oficina de Artes, 12º ano
Autor: Teixeira, Sónia Cristina Rodrigues, 1980-
Orientador: Queiroz, João Paulo, 1966-
Palavras-chave: Acessibilidade
Ensino das artes
Diferenciação pedagógica
Relatórios da prática de ensino supervisionada - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente trabalho desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Iniciação à Prática Profissional IV, do Mestrado de Ensino em Artes Visuais, consiste no relatório da prática pedagógica supervisionada na Escola Secundária Fernando Lopes-Graça, na disciplina de Oficina de Artes do 12.º ano. Num mundo artificial com tantas barreiras arquitetónicas, cabe a quem o projeta, repensar o processo criativo e reconhecer a responsabilidade social e respetivo papel como interveniente nas mudanças que se assumem urgentes. Para que os futuros projetistas (ex.: arquitetos, designers, pintores) estejam conscientes desta realidade e consigam contribuir para a construção de um mundo para todos, é fundamental intervir no processo de ensino, através da sensibilização dos estudantes para as problemáticas das acessibilidades e da inclusividade. Através de um estudo de caso efetuado numa turma de 12.º ano, na disciplina de Oficina de Artes, procura-se saber se a aprendizagem dos conteúdos de Artes Visuais, explorados através de temáticas de inclusividade e recorrendo à aprendizagem diferenciada, poderá promover o desenvolvimento do pensamento crítico e reflexivo e a perceção dos alunos relativamente à forma como se projeta o mundo que nos envolve.
This work, developed within the course of Introduction to Professional Practice IV, part of the Masters degree of Education in Visual Arts, consists in reporting the supervised teaching practice in the Fernando Lopes-Graça High School, Arts Workshop class, for the 12th grade. In an artificial world with so many architectural barriers, it is up to those who design, to rethink the creative process and recognize the social responsibility and the appropriate role as an actor in urgent changes. So that future designers (e.g. architects and painters) are aware of this reality and are able to contribute to building a world for everyone, it is essential to intervene in the teaching process, by sensitizing students to the problems of accessibility and inclusiveness. Through a case study conducted in a 12th grade class, the Arts Workshop class seeks to ascertain whether learning the contents of Visual Arts, explored through themes of inclusiveness and using the pedagogical differenciation, can promote the development of critical and reflective thinking and student perception regarding the way of designing the world that surrounds us.
Descrição: Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Ensino de Artes Visuais, Universidade de Lisboa, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10203
Aparece nas colecções:REIT - Mestrados em Ensino

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044875_tm.pdf4,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.