Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1025

Título: Qualidade de vida nos doentes com narcolepsia
Autor: David, Maria Alcinda Pereira, 1952-
Orientador: Paiva, Teresa, 1945-
Santos, José Moutinho dos
Palavras-chave: Narcolepsia
Sono
Distúrbios do sono por sonolência excessiva
Qualidade de vida
Depressão
Amostragem
Análise estatística
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: A narcolepsia é uma doença crónica do sono (AASM, 2005). Como noutros países europeus, afecta 47 em 100 000 habitantes em Portugal (Ohayon et al., 2002). Os sintomas clínicos têm grande impacto na Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde (QVRS) dos narcolépticos. Este estudo tem como principal objectivo avaliar a QVRS destes doentes. Trata-se um estudo transversal, sendo a amostra constituída por 51 indivíduos com narcolepsia, oriundos de Centros de Estudo do Sono de Coimbra e Lisboa. Utilizaram-se os instrumentos de medição Medical Outcome Study 36 item Short-Form Survey, Escala da Sonolência de Epworth (ESE) e InventárioDepressivo de Beck (IDB).Os domínios da QVRS estavam significativamente mais deteriorados do quea população portuguesa em geral, excepto Função Física (FF) e Dor Física (DR) (pentre 0,000 e 0,006), mas em consonância com estudos equivalentes. A pontuaçãomais baixa verificou-se na Vitalidade (VT) (p=39,93). A deterioração manifestou-sesignificativamente maior no Desempenho Físico (DF) (p=0,006), VT (p=0,011) eSaúde Mental (SM) (p=0,008) na mulher e na FF (p=0,003) e DR (p=0,045) nosmais velhos. Os narcolépticos com cataplexia mostraram pior perfil da FF (p=0,020)e Saúde em Geral (SG) (p=0,032), assim como os que referiram a doença há maistempo em FF (p=0,048), DR (p=0,015) e SG (p=0,044). Um nível académico maiselevado conduziu a uma pontuação mais alta na dimensão FF (p=0,046).A deterioração da QVRS relacionou-se com níveis de depressão maiselevados (p£0,001), tendo a maioria manifestado algum grau de depressão e umnível moderado de sonolência diurna, apesar de estarem sob terapêutica, mas osnarcolépticos com diagnóstico há mais de 10 anos apresentaram-se maisdeprimidos.A situação familiar, a actividade e situação profissional, os sintomas danarcolepsia (excepto cataplexia), acidentes e terapêutica não influenciaram a QVRS, nem os níveis de depressão e sonolência diurna.
Narcolepsy is a chronic sleep disorder (AASM, 2005). Similar to others European Countries affects 47/100 000 inhabitants in Portugal (Ohayon et al., 2002). The clinical symptoms have a major impact on health-related quality of life (HRQoL). This study describes the HRQoL in patients with narcolepsy, in Portugal, taken from three sleep centres from Coimbra and Lisbon. A transversal study was done, and the final sample consisted of 51, subjects with the diagnosis ofnarcolepsy.As tools for measuring we used the Medical Outcome Study - 36 item Short-From Survey (MOS SF-36) to evaluate the quality of life, Beck Depression Inventory(BDI) for self-assessment depression, and for assessing the excessive sleepinessdaytime, the Epworth Sleepiness Scale (ESS).HRQoL domains were significantly lower than National surveys, exceptPhysical Function (PF) and Bodily Pain (BP) (p between 0,000 and 0,006) andsimilar to SiL. SF-36 presented lowest score in Vitality (VT) (39,93). Deteriorationwas significantly lower in Physical Role (PR) (p=0,006), VT (p=0,011), and MentalHealth (MH) (p=0,008) in women and in PF (p=0,003) and BP (p=0,045) in elders.Narcoleptics with cataplexy had worse health profile of PF (p=0,020), and GeneralHealth (GH) (p=0,032), and more disease duration in PF (p=0,048), BP (p=0,015)and GH (p=0,044). More literacy better PF (p=0,046).Higher levels of depression related significantly with more deterioration of allSF-36 dimentions (p £ 0,001). Depression was higher in longer time elapsed afterdiagnosis.No relation with marital status, professional activity and situation, symptomsof narcolepsy (except cataplexy), accidents, and treatment.
Descrição: Tese de mestrado em Medicina do Sono, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/1025
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17192_Qualidade_de_Vida_e_Doentes_com_Narolepsia_1.pdf8,41 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE