Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10279
Título: Gerir tensões na complexidade organizacional de um agrupamento de escolas : testemunho da sua diretora
Autor: Pingo, Ana Paula Pardal Salgado, 1959-
Orientador: Sousa, Florbela
Palavras-chave: Directores de estabelecimentos de ensino
Administração escolar - Portugal
Agrupamentos de escolas
Liderança escolar
Trabalhos de projeto de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente estudo centra-se na figura de uma diretora escolar, enquadrada pelo decreto-lei nº75/2008 com as alterações introduzidas pelo decreto- lei nº 137/2012. Com a passagem do órgão de gestão das escolas de um órgão colegial a um órgão unipessoal e, simultaneamente, o reforço das suas competências na área da administração escolar, assistimos durante os últimos cinco anos a um novo modelo de governação das escolas. Ainda longe de estar consolidado, com as agregações dos agrupamentos de escolas do ensino básico às escolas secundárias e a constituição de comissões administrativas provisórias o papel do diretor escolar, altera-se. Altera-se, não só pelo normativo que regula as competências da comissão administrativa provisória, de que ele é presidente, como acarreta uma transformação nas funções e papéis, que a nova organização exige. O estudo percorre as duas etapas da governação escolar. De presidente da comissão administrativa provisória a novamente diretora, através da sua candidatura e eleição recente a diretora do agrupamento e centra-se na sua figura, nos dilemas que tem que enfrentar e na forma de os ultrapassar. Os instrumentos de recolha de dados – análise documental, observação não participante e entrevista semiestruturada, foram ao encontro da procura de respostas para o problema da investigação: por um lado, os desafios que se colocam no seu quotidiano, as práticas e os processos organizacionais, as redes de relações interpessoais, as dinâmicas micropolíticas e as estratégias dos diferentes atores no terreno, que fazem parte da organização escolar e por outro, que tipo de ações estratégicas e relacionais são desenvolvidas para definirem o seu campo de ação. O estudo permite revelar espaços de liberdade, de autonomia pedagógica e organizativa, bem como estilos de liderança e capacidade de gerir as tensões do dia a dia. A experiência no cargo que ocupa, as suas capacidades de gestão, mas sobretudo o seu modus operandi em termos relacionais, resultam em fazer parecer simples, um quotidiano exigente, rigoroso e muitas horas de trabalho.
The present study focuses on the figure of a female school director, framed by Decree -Law No. 75/2008 as amended by Decree -Law No. 137/2012. With the change of the management of schools from a collegiate body to a individual director, while simultaneously enhancing his/her competences in school administration, we witnessed to a new model of school governance for the last five years Yet far from being consolidated, the aggregations of basic school clusters with secondary school and the establishment of interim administrative committees changed the role of the school principal (director). The rules and regulation changed not only the power of interim administrative committees and of their presidents, but also the new cluster organisations that resulted from the merging process. The study goes through two stages of school governance focusing on a female director who after being the president of an interim administrative committee became the director of the same school cluster, though candidacy and recently election. The study focuses on her role and the dilemmas she has to face and how she overcomes them. The instruments for data collection, documental analyses, a non-participant observation and a semi-structured interview, were selected to demand for answers to the research problem: on the one hand, the daily challenges, the practices and organisational processes, networks interpersonal relationships, micro dynamics and strategies of the different actors in the field, who are part of the school organisation and on the other, what kind of strategic actions and relational are developed to define its field of action. The study revealed her spaces of freedom, pedagogical and organisational autonomy, as well as styles of leadership and ability to manage the stresses of everyday life. The experience in the position she holds, her management skills, but especially her modus operandi in terms of relationships, resulted in looking like easy a demanding, rigorous and long working day.
Descrição: Trabalho de projeto de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10279
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044913_tm.pdf556,18 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.