Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10347
Título: Autonomia e contratualização num agrupamento de escolas TEIP : a visão de um diretor
Autor: Vicente, Nuno Miguel Barata Lopes, 1977-
Orientador: Sousa, Florbela
Palavras-chave: Directores de estabelecimentos de ensino
Autonomia escolar
Trabalhos de projeto de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O objetivo deste estudo foi realizar um trabalho de projeto sobre a visão de um diretor de um Agrupamento de Escolas de Território Educativo de Intervenção Prioritária (TEIP), em relação à sua autonomia e contratualização. O trabalho incidiu sobre um diretor, num Agrupamento de Escolas que integra o programa TEIP desde o ano letivo de 2009/2010. Devido à especificidade do programa TEIP em relação à sua autonomia e contratualização, foi do nosso interesse compreender e identificar a visão do diretor, na regulação educativa do agrupamento em causa. Realizou-se uma investigação de cariz qualitativa, em formato de estudo de caso, pois analisou-se unicamente um diretor. Sendo esta uma investigação descritiva, as técnicas utilizadas para a recolha dos dados foram uma observação, uma entrevista semiestruturada e análise documental, valorizando todas as informações e detalhes efetuados. O processo de investigação teve as seguintes fases: estabelecimento do contato inicial com o diretor para recolha de dados; análise documental e aplicação da observação e entrevista ao diretor; análise e síntese da informação recolhida, permitindo esclarecer a seguinte problemática, como é que um diretor de um agrupamento TEIP gere o contrato de autonomia em prol da sua visão. Esta investigação permitiu tirar as seguintes ilações: o diretor assume a sua profissão ocupando-a em que a sua formação profissional ainda é feita à base da experiência no terreno. Na visão do diretor identificou-se que o programa TEIP é um reforço importante para a melhoria da qualidade de ensino do agrupamento mas a sua contratualização e burocracia dificulta o seu desenvolvimento. Um perfil “aberto”, disponível e “bom” conhecedor da sua comunidade educativa é o ideal para um diretor de um agrupamento TEIP. Conclui-se que um diretor deverá ser um “catalisador” das sinergias entre a tutoria e a sua comunidade mantendo sempre uma postura acessível em prol do benefício comum.
The aim of the study was to undertake a project about the vision of the director of a cluster of Schools included in the Educational Priority Intervention Programme (TEIP), regarding its autonomy and contracting since 2009. Due to this specific programme TEIP, school autonomy is integrated in a special contract with the Ministry of Education and, thus, our interest was to understand and identify the director's vision, and the educational regulation for this school cluster. We conducted a qualitative research, a case study. Since this is a descriptive investigation, the techniques used for data collection were the observation, a semistructured interview and document analysis, valuing all the information and details available. The research process followed these phases: establishment of initial contact with the director for data collection, analysis of school documents, the observation of the director’s working day with full note-taking and semi-structured interview of the director. The analysis and synthesis of the information collected allowed for clarifying how the director of a cluster TEIP manages the school autonomy, regulated by the contract, and his willingness to fulfill his vision. From the results of this study it seems that the director takes into account the importance of professional development done on the basis of field experience. According to the director's vision, the programme TEIP is an important reinforcement to improve the teaching quality of the school cluster but its contracting limitations and bureaucracy are a barrier to its development. He presents an "open" and available profile and with a knowledge of the educational community which is very important for a director of a TEIP. We concluded that a director must be a "catalyst" of synergies, a mentor for the community, while maintaining a posture of accessibility for the benefit of all involved in the education process.
Descrição: Trabalho de projeto de mestrado, Ciências da Educação (Administração Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10347
Aparece nas colecções:IE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046321_tm.pdf933,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.