Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10403
Título: Percepção da situação laboral : como os estilos de coping e o optimismo/pessimismo moderam o seu impacto nos sentimentos de bem-estar
Autor: Saraiva, Mariana Araújo Caldeira Pereira
Orientador: Moreira, João Manuel, 1964-
Palavras-chave: Situação laboral
Mercado de trabalho - Portugal
Bem-estar
Coping
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Inspirada na actual situação económica e laboral do País, a presente investigação tem como principal objectivo a criação de um inventário que permita avaliar as percepções que os indivíduos têm em relação à sua situação laboral actual e em relação às expectativas que têm em relação ao mercado de trabalho em Portugal. Para além deste objectivo, pretende compreender-se o modo como estas percepções influenciam o bem-estar dos indivíduos, tendo em conta o papel das variáveis optimismo/pessimismo e dos estilos de pensamento como variáveis moderadoras deste efeito. Para que tal fosse possível, os 192 participantes, com idades compreendidas entre os 18 e os 74 anos e de ambos os sexos, responderam ao novo inventário, a uma versão reduzida do Inventário de Pensamento Construtivo, ao Teste de Orientação de Vida e ao Inventário de Estados Afectivos Reduzido, através da plataforma online Qualtrics. À excepção do novo inventário, todos os outros se encontravam previamente estudados e adaptados à população portuguesa, tendo também revelado bons indicadores de fiabilidade, oferecendo segurança e garantia para a utilização nesta investigação. Os resultados indicam que o IPSL é um instrumento com bons indicadores de validade e consistência, permitindo não só a análise do modo como os indivíduos percepcionam a sua situação laboral actual, mas também como vêm o mercado de trabalho. Para além de se ter provado que estas percepções e expectativas têm efeitos no bem-estar e que o coping emocional tem um efeito moderador na relação entre as “expectativas em relação ao mercado de trabalho” e as emoções pró-sociais, concluiu-se que os factores encontrados são independentes, correlacionando-se apenas moderadamente. Esta questão leva a crer que a avaliação da situação pessoal e a avaliação das expectativas em relação ao mercado de trabalho são vistos como dimensões distintas, sugerindo que este instrumento pode ser valioso para uma melhor compreensão destes dois factores e do seu papel nos comportamentos económicos.
Having the Portuguese economic and labour situation as a background, the present study has as its main goal the construction of an inventory allowing for the assessment of one's perceptions of current employment situation and of labour market prospects. Furthermore, this study tries to shed light on how these perceptions influence well-being, taking into account the role of optimism/pessimism and thinking styles as moderator variables. In order to do so, four inventories (The new measure – Employment Perception Inventory, the Constructive Thinking Inventory, the Life Orientation Test and the Affective States Inventory) were administered to 192 participants (of both genders, aged from 18 to 74 years) through an online platform (Qualtrics). All inventories, except the new one (IPSL), had previously been studied and adapted to the Portuguese population, showing good psychometric properties. The results show that IPSL has good reliability and validity properties, allowing not only for analyses of how individuals perceive their current employment situation, but also of how they see the labour market situation. In addition to results that show the relation between these perceptions and well-being levels, and that emotional coping has a moderator effect on the relation between labour marked expectancies" and pro-social emotions, it was concluded that “employment situation perception” and “labour market expectancies” are independent, though moderately correlated, factors. This finding leads us to believe that these factors are distinct dimensions, suggesting that IPSL may be a valuable instrument in the search for a better understanding of the relation between these factors and economic behaviors.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10403
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046345_tm.pdf409,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.