Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10412
Título: Stresse profissional em médicos veterinários : caracterização e diferenças entre sexos
Autor: Silva, João Moisés Louro Fernandes Fagundes da
Orientador: Rafael, Manuel, 1962-
Palavras-chave: Stress profissional
Médicos veterinários
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A presente dissertação tem por objetivo o estudo da classe médico-veterinária, uma classe profissional até agora subvalorizada neste tipo de estudos. Para a caracterização do grupo utilizou-se o Inventário de Stresse Profissional (Spielberger & Vagg, 1999), comparando-se a classe a outras quatro, Professores e Bancários (Rafael, 2001), Consultores Externos (Pinto, 2012) e Agentes da PSP (Branco, 2010), fazendo-se adicionalmente uma comparação entre veterinários e veterinárias através dos resultados aqui recolhidos. Identificaram-se os stressores mais importantes para a profissão, sendo estes o “Trabalho para além do horário”, “Salário Inadequado” e “Tempo Pessoal Insuficiente”. Quanto às diferenças entre sexos, observou-se que existem diferenças significativas entre os sexos em relação às escalas, com o sexo feminino a sofrer mais com os stressores e também a encará-los mais regularmente que o sexo masculino.
This dissertation has the objective of studying a professional group until now ignored, this group being veterinarians. To characterize the veterinarians the Job Stress Survey was used, (Spielberger & Vagg, 1999), comparing this professional group with four others, Teachers and Bankers (Rafael, 2001), External Consultants (Pinto, 2012) and police officers from the PSP (Branco, 2010). Additionally, male and female veterinarians were compared, using the data that was gathered. The most dangerous stressors for the professional were identified as being “Working Overtime”, “Inadequate Salary” and “Insufficient personal time”. As for gender differences, significant differences between the sexes were found, with women suffering more from events and encountering them more frequently than men.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10412
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046337_tm.pdf196,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.