Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10427
Título: Genotipagem da mutação G829A no gene da piruvato cinase em indíviduos da Guiné-Bissau e sua associação com a malária
Autor: Pateira, Sara Cristina Inês Simões, 1990-
Orientador: Paulo, Octávio, 1963-
Arez, Ana Paula Martins dos Reis, 1967-
Palavras-chave: Malária
Mutação genética
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A malária é uma doença provocada por um parasita protozoário do género Plasmodium, que é transmitida por mosquitos do género Anopheles e que pode acarretar um grande conjunto de complicações, podendo em muitos casos levar mesmo à morte. Esta doença é uma das mais incidentes nos continentes africano, asiático e sulamericano e tem uma incidência mundial de cerca de 216 milhões de casos. A elevada mortalidade e o grande impacto desta doença fazem com que ela seja considerada como uma das maiores forças selectivas evolucionárias da história recente da humanidade. O impacto que esta doença tem na evolução Humana, faz com que as variantes dos genes que permitam ao seu portador uma resistência à malária ou uma atenuação dos seus sintomas, tenham vindo a ser conservados ao longo dos tempos. Até agora já foram encontrados vários genes que aparentam desempenhar esta função, entre os quais se encontram alguns que regulam a produção de enzimas, como é o caso do gene PKLR (pyruvate kinase liver red cells). Foi recentemente observada uma nova mutação no gene PKLR (G829A;Glu277Lys), que parece estar associada à malária, uma vez que só tem sido encontrada em países onde a malária é endémica. Pretende-se então analisar e comparar a incidência desta mutação na Guiné-Bissau com os dados já obtidos, em Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Guiné Equatorial e o grupo controlo Portugal. Para a realização desta análise foi extraído o DNA genómico a partir de saliva recolhida em zaragatoa ou sangue recolhido em FTA’s, Etanol e RNAlater. O exão 7 do gene PKLR foi amplificado e posteriormente sequenciado. A comparação da frequência da incidência desta mutação foi efectuada com recurso a programas de tratamento estatístico. Observou-se então que a população da Guiné-Bissau, apesar de ser composta por um elevado número de etnias, tem uma frequência para esta mutação bastante semelhante às outras populações africanas. Devido a várias limitações no estudo não é possível estabelecer uma ligação directa entre a presença da mutação e a malária. No entanto, os dados deste estudo permitem fazer uma adenda aos dados já existentes para que no futuro ser possível fazer essa associação, se ela existir. É por isso muito importante que se continuem a fazer estudos nesta área, no seguimento deste, mas mais aprofundados.
Malaria is a disease caused by a parasitic protozoan of the genus Plasmodium, which is transmitted by a mosquito of the genus Anopheles and can result in a wide range of complications, in many cases can even lead to death. This disease is one of the most incidents in the African, Asian and south American continents and has a worldwide incidence of approximately 216 million cases. The high mortality and the major impact of this disease makes it to be considered as one of the greatest selective forces in the recent history of humankind. The impact that this disease has had in Human evolution causes that the variants of genes that allows some kind of resistance against to malaria, have been preserved over the time. Several genes that appear to play this role have been found, among which are some genes that regulate the enzymes production, such as the PKLR gene (pyruvate kinase liver red cells gene). Recently, it has been observed a new mutation in the PKLR gene (G829A;Glu277Lys), that appears to be associated to malaria, since it has only been found in malaria endemic countries. The aim of this study is then analyze and compare the incidence of this mutation in Guinea-Bissau with the data already obtained in Angola, Mozambique, Sao Tome and Principe, Equatorial Guinea and the control group Portugal. In order to accomplish this analysis, genomic DNA was extracted from saliva swabs or blood collected in FTA’s, Ethanol or RNAlater. The exon 7 of the PKLR gene was amplified and subsequently sequenced. The comparison of the frequency of incidence of this mutation was performed using statistical analysis programs. It was then observed that the population of Guinea-Bissau, despite being composed by a huge number of ethnicities, has a frequency for this mutation quite similar to the other African populations. Due to several limitations of this study we were not able to establish a direct link between the presence of the mutation and the malaria. However, data from this study allows us to make an addendum to the existing data, so that in future it could be possible to make this association, if it exists. It is therefore very important that we continue to do further research in this area.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia Humana e Ambiente). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10427
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc103171_tm_sara_pateira.pdf971,35 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.