Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10437
Título: Saliência dos papéis e conflito trabalho-não trabalho : impacto na satisfação com os papéis de vida
Autor: Anjos, Mário Bentes dos
Orientador: Lima, Rosário, 1959-
Palavras-chave: Relação trabalho-família
Satisfação com a vida
Satisfação profissional
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Apesar do “Trabalho” ser um papel central nas sociedades contemporâneas, é um de entre muitos papéis desempenhados pelos indivíduos ao longo da vida. Em adultos trabalhadores, destacam-se os papéis Trabalho e Família, como sendo geralmente os mais importantes, bem como a evidência de que o conflito entre estes papéis diminui a satisfação com o trabalho e com a vida em geral. Atendendo à multiplicidade de papéis e à importância relativa destes, defende-se o alargamento do campo para Conflito Trabalho-Vida, investigando-se uma das suas facetas, a Interferência Trabalho-Vida. A presente investigação tem, assim, como objectivo estudar qual o impacto da Saliência dos Papéis e da Interferência Trabalho-Vida na Satisfação Profissional, com o Lazer e com a Família, utilizando-se uma amostra aleatória de 61 trabalhadores. Para este efeito, foram utilizados três instrumentos de medida: o Inventário sobre a Saliência das Actividades (Escalas de Participação e de Adesão), o Questionário sobre Equilíbrio entre o Trabalho e a Vida, e a Escala de Satisfação com os Papéis de Vida. Os resultados obtidos confirmam de um modo geral as questões de investigação formuladas, algumas diferenças de sexo relativamente à saliência dos papéis, o impacto da saliência de um papel na satisfação com o mesmo e, parcialmente, os pressupostos teóricos sobre a Interferência Trabalho-Vida. São feitas algumas considerações finais sobre os resultados obtidos, nomeadamente limitações do estudo e sugestões para investigação.
Apesar do “Trabalho” ser um papel central nas sociedades contemporâneas, é um de entre muitos papéis desempenhados pelos indivíduos ao longo da vida. Em adultos trabalhadores, destacam-se os papéis Trabalho e Família, como sendo geralmente os mais importantes, bem como a evidência de que o conflito entre estes papéis diminui a satisfação com o trabalho e com a vida em geral. Atendendo à multiplicidade de papéis e à importância relativa destes, defende-se o alargamento do campo para Conflito Trabalho-Vida, investigando-se uma das suas facetas, a Interferência Trabalho-Vida. A presente investigação tem, assim, como objectivo estudar qual o impacto da Saliência dos Papéis e da Interferência Trabalho-Vida na Satisfação Profissional, com o Lazer e com a Família, utilizando-se uma amostra aleatória de 61 trabalhadores. Para este efeito, foram utilizados três instrumentos de medida: o Inventário sobre a Saliência das Actividades (Escalas de Participação e de Adesão), o Questionário sobre Equilíbrio entre o Trabalho e a Vida, e a Escala de Satisfação com os Papéis de Vida. Os resultados obtidos confirmam de um modo geral as questões de investigação formuladas, algumas diferenças de sexo relativamente à saliência dos papéis, o impacto da saliência de um papel na satisfação com o mesmo e, parcialmente, os pressupostos teóricos sobre a Interferência Trabalho-Vida. São feitas algumas considerações finais sobre os resultados obtidos, nomeadamente limitações do estudo e sugestões para investigação.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10437
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046350_tm.pdf267,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.