Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10447
Título: Estudo dos efeitos do metilfenidato em medidas de funções executivas e comportamentais em rapazes com PHDA-M : análise em dois tempos
Autor: Faria, Maria Teresa Marçal Grilo Lobato de
Orientador: Santos, Margarida M. Magalhães Cabugueira Custódio dos, 1959-
Palavras-chave: Metilfenidato
Avaliação psicológica
Hiperactividade
Défice de atenção
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção (PHDA) é considerada a perturbação psiquiátrica do desenvolvimento mais diagnosticada na infância. A dificuldade no diagnóstico e terapêutica de esta Perturbação decorre da discussão que a rodeia e que tem origem na controvérsia existente na definição dos seus determinantes causais, bem como do seu diagnóstico e terapêutica. Neste estudo pretende-se avaliar o efeito da terapêutica psico-estimulante (metilfenidato) nas funções executivas e nos comportamentos externalizantes e internalizantes, numa amostra de rapazes diagnosticados com PHDA tipo misto. Trata-se de um estudo onde os participantes são sujeitos a uma avaliação psicológica em dois tempos, com e sem o efeito de terapêutica psico-estimulante. Os principais resultados apontam para uma evolução positiva em apenas algumas medidas de funções executivas como a velocidade de processamento e a memória de trabalho verbal, mas não demonstra ajudar estas crianças e adolescentes a aumentarem a sua qualidade de vida e a sua realização pessoal. Parece clara a necessidade de uma avaliação neuropsicológica e emocional como suporte à definição do diagnóstico, assim como de uma intervenção que não se baseie apenas na medicação por psico-estimulantes.
Attention-Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) is the most diagnosed developmental psychiatric disorder in children. The difficulties in the diagnosis and treatment of ADHD are a direct consequence of the existing controversy surrouding the definitions of its causal determinants, as well as its diagnosis criterions and adequate treatment measures. In this study it will be examined the effects of a psico-stimulant medication (methylphenidate) in executive functions and externalizing and internalizing behaviours, using a sample of boys with ADHD Combinaned Type (ADHD-C). In this study, the boys will be subjected to a psychological assessment in two different moments; in which they are evaluated with and without psico-stimulant medication. The main results indicate a positive comparison between the two moments in some of the measures of executive functions, such as processing speed and verbal working memory, but this psico-stimulant doesn't seems to help this children and adolescents enhancing their quality of life , personal well-being or self-fulfilment. The urge to an neuropsychological and emotional evaluation as a part of the diagnosis criterions seems very clear, and the same urgency is found in the need of treatments not relying exclusively on psicostimulants medication.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10447
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046359_tm.pdf638,69 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.