Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10467
Título: Conceção e avaliação de intervenções vocacionais : estudo sobre o impacto diferenciado em alunos com diferentes career coping styles
Autor: Mota, Luísa Maria Paulo
Orientador: Janeiro, Isabel Nunes, 1960-
Palavras-chave: Orientação profissional
Adaptação profissional
Desenvolvimento vocacional
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Este estudo compara o resultado em termos de dimensões vocacionais (adaptabilidade na carreira) e não vocacionais (autoestima, perspetiva temporal e crenças atribucionais) entre dois grupos de alunos do 12º ano do ensino artístico: um grupo de alunos que frequentou um programa de desenvolvimento vocacional com 6 sessões, concebido para este estudo a partir de experiências realizadas em anos lectivos anteriores, com um grupo de alunos que assistiram a uma sessão de informação sobre oportunidades após o 12º ano. Recorrendo à metodologia de análise de clusters e baseando-se no estudo de Janeiro (2010), este trabalho procurou também explorar se alunos com diferentes career coping styles reagem diferentemente às intervenções. Considerando o grupo total, o programa de intervenção revelou ser eficaz na promoção da adaptabilidade dos jovens, ao contrário da sessão de informação. Os dados deste estudo apontam também para um efeito diferenciado das intervenções vocacionais em função dos career coping styles dos jovens. Sugere-se que uma sessão de informação é uma intervenção suficiente apenas para o grupo “adaptativo”, que os grupos que mais beneficiam com o programa são os grupos designados “superficial” e “inseguro”, e que nenhuma das intervenções responde às necessidades de todos os jovens.
This study compares the result in terms of vocational dimensions (career adaptability) and non-vocational (self-esteem, time perspective and attributional beliefs) between two groups of art students of the 12th grade: one group of students who attended a vocational development program, designed for this study, and a group of students who attended an information session about opportunities after secondary education. Using cluster analysis methodology and based on the study of Janeiro (2010), this talso explores whether students with different career coping styles react differently to interventions. Considering the total group of students, the program proved to be effective in promoting the adaptability of young people, unlike the information session. The data from this study point to a differentiated effect of vocational interventions on if the career coping styles of young people is considered. It is suggested that an information session is enough only for the adaptive style, that the groups who most benefit from the program are the superficial and insecure styles, and that none of the interventions responds to the needs of all young people.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10467
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046380_tm.pdf1,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.