Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10480
Título: O bullying no contexto escolar : impacto de um projeto de intervenção, na diminuição da vitimização e do bullying, e sua relação com a Inteligência Emocional
Autor: Matos, Ana Rita Gomes Pereira
Orientador: Afonso, Maria João, 1959-
Palavras-chave: Bullying
Coping
Vitimização
Inteligência emocional
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Os fatores que originam e perpetuam o problema do bullying e vitimização nas escolas têm sido amplamente abordados na literatura, embora a investigação neste domínio seja recente. O construto de Inteligência Emocional tem merecido crescente consideração na investigação sobre o bullying, sendo associado à escassez de competências sócio-emocionais na relação com os pares, o que tem levado intervenções neste campo a apostar no desenvolvimento destas competências. Inserida nesta problemática, a presente investigação tem como objetivo estudar a relação entre o bullying e a Inteligência Emocional traço, assim como o impacto de um projeto de diminuição do bullying na escola, em ambas as variáveis. Foram utilizados dois questionários: a primeira versão experimental portuguesa do Questionário de Inteligência Emocional traço (forma para crianças, TEIQue-FC), adaptada e traduzida na presente investigação; e um questionário de dados pessoais utilizado na avaliação do projeto de intervenção, que mede a frequência da vitimização e da observação de agressões na escola, assim como identifica as reações das crianças quando confrontadas com um agressor. Com base na literatura, esperava-se que a vitimização estivesse negativamente correlacionada com o nível de Inteligência Emocional dos participantes. Previa-se também que o projeto de intervenção resultasse na diminuição da vitimização e da prevalência do bullying na escola, repercutindo-se, igualmente, em resultados superiores de Inteligência Emocional. Após a avaliação destas variáveis, numa amostra de 112 participantes, estudantes do 7º ano de escolaridade, concluiu-se que os resultados vão ao encontro da maioria das hipóteses formuladas, encontrando-se diferenças significativas, no sentido esperado, entre vítimas e participantes que não referiram ser alvo de bullying, em algumas facetas da Inteligência Emocional; e uma redução do bullying e vitimização após a intervenção. Algumas interpretações são formuladas e discutidas, para estes resultados, e são apresentadas algumas limitações do estudo, assim como sugestões para investigações futuras neste domínio.
The factors behind bullying and victimization, giving rise and maintaining its prevalence in school settings, have been fully addressed in literature, although research in this domain is quite recent. The construct of Emotional Intelligence is progressively gaining prominence in bullying research, being connected to a lack of socio-emotional skills in the relationships with peers, and having as a consequence the emergence of intervention programs in this field emphasizing the promotion of this kind of skills. As a contribution to this topic, this research project aims to explore the relationship between bullying and trait Emotional Intelligence, as well as the impact of a school bullying reduction program, in both variables. The study involved the administration of two questionnaires: the first field trial Portuguese version of the Trait Emotional Intelligence Test (Children Form – TEIQue-CF), translated and adapted to Portugal as a part of this research; and a personal data questionnaire, used for the bullying program evaluation, which measures the frequency of victimization episodes and of personal assault observed incidents inside the school, and also identifies children reactions when confronted with an aggressor. Based on the literature, a negative correlation was expected between participants’ victimization and Emotional Intelligence. Furthermore, the intervention program was expected to have as outcome the reduction of victimization and of school bullying prevalence, with its own significant implications in terms of gains in Emotional Intelligence. After the assessment of these variables, in a sample of 112 7th grade students, it was shown that in some Emotional Intelligence facets, the results confirm the majority of the stated hypotheses, with significant differences in the expected direction, between victims and other participants who did not report to be a bullying victim. Additionally, after the intervention program, a significant reduction was detected in bullying and in victimization. All these results are interpreted and discussed, and some limits of the study are pointed out, alongside with some suggestions for future research in this field.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10480
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie046377_tm.pdf458,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.