Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Medicina (FM) >
FM - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1056

Título: Sofrimento e qualidade de vida em doentes com cancro no HDES, E.P.E.
Autor: Morins, Gonçalo João dos Reis, 1980-
Orientador: Lopes, Manuel José
Barbosa, António, 1950-
Palavras-chave: Cuidados paliativos
Dor
Hospitalização
Oncologia
Quimioterapia
Qualidade de vida
Neoplasias
Amostragem
Análise estatística
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Resumo: Os cuidados paliativos visam melhorar a qualidade de vida dos doentes através da prevenção e alívio do sofrimento. Ao longo da minha vivência profissional com doentes oncológicos diversas inquietações foram surgindo, pretendendo com este trabalho encontrar respostas para estas. O presente trabalho intitulado Sofrimento e Qualidade de Vida em doentes com cancro no HDES, E.P.E. , tem como objectivos analisar as características do Sofrimento e da Qualidade de Vida em doentes com cancro internados no HDES, E.P.E. e que estejam a fazer quimioterapia no mesmo hospital, assim como a relação existente entre as dimensões, Sofrimento e Qualidade de Vida. Desenvolveu se um estudo de natureza descritivo-correlacional e os instrumentos de colheita de dados utilizados foram o questionário EORTC-QLQ C30 e o Inventário de Experiências Subjectivas de Sofrimento na Doença (IESSD). A amostra é constituída por 100 indivíduos, divididos equitativamente pelos dois grupos em estudo (i.e., internados e em hospital de dia). Os dados foram recolhidos no Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, E.P.E., nomeadamente no Hospital de Dia de Oncologia e Serviços de Internamento onde se verificassem doentes oncológicos internados. Dos resultados obtidos salienta-se que os doentes com cancro apresentam um nível fraco a moderado de sofrimento, sendo que o mais significativo é o Sofrimento Sócio-relacional; bons níveis de Funcionamento/Qualidade de Vida, com excepção para o Estado de Saúde Global/Qualidade de Vida nos doentes em internamento. Verificaram-se, ainda diversas relações entre as dimensões Sofrimento e Qualidade de Vida, salientando-se que quanto menor é o Sofrimento do doente oncológico, melhor é o seu nível de Funcionalidade e de Qualidade de Vida e quanto menos sintomas ocorrerem, nomeadamente, Fadiga, Dor, Dispneia, Insónia e Perda de Apetite, menor é o sofrimento e mais são as Experiência Positivas de Sofrimento.
The palliative cares pretend to improve the patients' quality of life, thru prevention and relief of the pain. Trough my professional experience with ontological patients several concerns came up, pretending with this work to find answers for them. This work entitled "Pain and Quality of Life in cancer patients in HDES, E.P.E.", has as its goals to analyze the characteristics of Pain and Quality of Life in cancer patients hospitalized in the HDES, E.P.E. and that are getting chemotherapy in the same hospital, such as the relation existent between the dimensions, Pain and Quality of Life. A study has been developed of a descriptive and correctional nature and the instruments of harvest were the questioner EORTC-QLQC30 and the Inventory of Subjective Experience of Pain in the Ilness (IESSD). The sample is formed by 100 individuals equitably divided by two groups of study (i.e. hospitalized and in day hospital). The data were collected in the Hospital do Divino Espírito Santo, in Ponta Delgada, E.P.E., including the Day Ontological Hospital and Hospitalization Services where there were hospitalized ontological patients. Of the obtained results it stands out that the cancer patients have a weak to moderate level of pain, where the most significant is the Social and Relational Pain; good levels of Operation/Quality of Life, except the Global State of Health/Quality of Life in the hospitalized patients. It was still noticed several relations between the dimensions Pain and Quality of Life, standing out that the lower is the Pain of the ontological patient, better is there level of Operation and Quality of Life and how less symptoms occur, namely, Fatigue, Pain, Dyspnoea, Insomnia and Loss of Appetite, loweris the pain and bigger are the Positive Pain Experiences.
Descrição: Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, 2009, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa
URI: http://hdl.handle.net/10451/1056
Appears in Collections:FM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17930_ulsd_dep.17583_Tese_mestrado_final.pdf866,5 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia