Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/10606
Título: A espécie exótica Blackfordia virginica no estuário do Mira:
Autor: Marques, Filipa da Costa, 1989-
Orientador: Domingos, Isabel Maria Madaleno, 1960-
Angélico, Maria Manuel Pimenta
Palavras-chave: Medusas
Blackfordia virginica
Espécies exóticas
Estuário do Mira - Portugal
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Blackfordia virginica é um cnidário nativo do sudeste da Europa ou da costa atlântica da América do Norte, introduzido em diversos sistemas estuarinos em todo o mundo, tendo sido registada pela primeira vez no estuário do rio Mira em 1984. O presente estudo teve como principais objectivos (i) determinar a variação espacial e temporal da abundância e estrutura dimensional da medusa de B. virginica no estuário do rio Mira, (ii) relacionar a sua ocorrência com factores ambientais e biológicos e (iii) estudar a sua dieta no estuário do rio Mira e avaliar possíveis impactos no ecossistema. Realizaram-se colheitas trimestrais ao longo do estuário entre Setembro de 2012 e Junho de 2013, que permitiram verificar que a medusa esteve presente no estuário superior e médio, sendo as densidades mais elevadas registadas no estuário médio durante o Verão. As correlações significativas encontradas entre a distribuição espacial das medusas e a densidade de conchas de ostra e percentagem de substrato rochoso, assim como a localização das medusas de menores dimensões nas imediações destes locais, parecem indicar que são as zonas de fixação de pólipos e onde se dá a libertação de medusas para a coluna de água. A realização de colheitas mensais (Setembro de 2012 a Agosto de 2013) num ponto fixo do estuário localizado onde a medusa é mais abundante confirmaram um padrão sazonal de ocorrência, tal como verificado noutros locais de ocorrência, que parece estar associado às variações da temperatura e do fotoperíodo. O estudo da dieta identificou os copépodes, náuplios de cirrípede, ovos de biqueirão e decápodes como presas da medusa de B. virginica. O Índice de Jacobs revelou que a medusa pareceu seleccionar positivamente ovos de biqueirão e decápodes e negativamente náuplios de cirrípede. Verificou-se ainda que a medusa apresentou baixa selectividade para os copépodes apesar de estes terem sido o item alimentar mais frequente e abundante nos conteúdos gastrovasculares. Foi ainda identificado o impacto potencial máximo da predação da medusa sobre a população de copépodes, que indicou valores semelhantes aos encontrados em outros locais onde esta espécies foi introduzida.
Blackfordia virginica is a cnidarian native to southeastern Europe or the Atlantic coast of North America. It was introduced in several estuarine systems around the world and the first record in Mira estuary was registered in 1984. The major objectives of this study were (i) to identify spatial and temporal patterns on abundance and size structure of B. virginica medusae, (ii) to relate its occurrence with environmental and biological variables and (iii) to identify its diet and possible impacts in the Mira River estuary. Sampling was conducted quarterly along the the Mira estuary between September 2012 and June 2013. The medusae occurred in the upper and middle estuary, with higher densities mesured in the middle estuary during the summer. Significant correlations were found between the medusae spatial distribution and oyster shells abundance and percentage of bedrock. Smaller jellyfish were also sampled in the vicinity of these hard substrate locations, which seems to indicate that these might be preferential areas for polyp’s settlement and medusae budding. Samples collected monthly (September 2012 - August 2013) at a fixed location of higher abundance of the medusae confirmed the occurrence of seasonal blooms associated with temperature and photoperiod. Copepods, barnacle nauplii, anchovy eggs and decapods were identified as prey items of the medusae of B. virginica. The Jacobs index showed that the species seemed to positively select anchovy eggs and decapods contrary to barnacle nauplii that were negatively selected. Despite the high occurrence and abundance of copepods in the gastrovascular cavities, the species showed low selectivity for this prey item. The maximum potential impact of the jellyfish predation on the population of copepods was very similar to other location where this species was introduced.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia Marinha). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/10606
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc099014_tm_filipa_marques.pdf1,55 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.