Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11210
Título: Investigação e desenvolvimento de uma formulação inalatória de ciclodextrinas como base de um instrumento de gestão de risco
Outros títulos: Research and development of a cyclodextrin inhalation formulation as the basis of an applied risk management tool
Autor: Arriagas, Nuno Miguel da Conceição Marigesa Resende
Orientador: Marques, Helena
Loureiro, Rui
Palavras-chave: Cyclodextrins
Crysmeb
Ciclesonide
Inhalation
Risk management
ISO 31000:2009
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: Asthma is a chronic disease affecting a significant number of patients worldwide, causing symptoms on the respiratory tract. Corticosteroids like ciclesonide are used to manage the disease. However, its physicochemical properties – namely water solubility – and, consequently, pharmacokinetics and pharmacodynamics could be object of improvement. One way to achieve this is by the use of cyclodextrins, a well known group of molecules able to include insoluble molecules, solubilising them. The aim of this work is to verify if is possible to obtain a dry powder for inhalation containing ciclesonide included within Crysmeb (a commercial type of methylated beta-cyclodextrin) applying the simple and inexpensive technique of kneading. The complex formed was analysed using ultraviolet spectroscopy, differential scanning calorimetry and infrared spectroscopy. Inhalation powders characteristics were assessed by time-of-flight of the particles (particle size analysis), and twin stage liquid impinger (aerodynamic assessment of fine particles). It was concluded that the kneading method is feasible for obtention of a ciclesonide-Crysmeb inclusion complex, although further studies would be desirable to optimize the process. Some science projects involve massive funds, time and human resources, having, sometimes, a relatively high risk of being unsuccessful. Therefore, using this experimental work as a starting point, an online questionnaire was publicized to science-related people from the top ten universities in the world. It was asked what was considered to be the most critical factors when engaging in scientific research. This data allowed narrowing the inputs that can be applied to ISO 31000:2009, hence directing an otherwise generic risk management standard to this spectrum of activity. The defined Risk Severity Index can also be used as a standalone tool, namely for individual and small organisations that do not have a risk management plan in place – as it was the case with this work. The methodology appears appropriate and with room for improvement.
A asma é uma doença crónica que afecta um número significativo de doentes a nível mundial, causando sintomas que a nível do tracto respiratório. Corticosteróides como a ciclesonida são utilizados no controlo da doença. Contudo, as suas propriedades físico-químicas – nomeadamente a solubilidade aquosa – e, consequentemente, a farmacocinética e farmacodinamia podem ser objecto de melhoria. Um dos modos de atingir este objectivo é através da utilização de ciclodextrinas, um grupo de moléculas bastante conhecido capaz de incluir no seu interior moléculas insolúveis, solubilizando-as. É o objectivo deste trabalho verificar a exequibilidade da obtenção de um pó seco para inalação contendo ciclesonida complexada com Crysmeb (uma forma comercial de beta-ciclodextrina metilada) através de um método simples e económico, a malaxagem. A formação de complexo foi analisada através de espectroscopia ultravioleta, calorimetria diferencial de varrimento e espectroscopia por infravermelhos. As características dos pós para inalação foram avaliadas pelo tempo-de-vôo (análise do tamanho de partícula) e impactador em cascata de vidro (avaliação aerodinâmica de partículas finas). Foi concluído que através do método de malaxagem é possível a obtenção de um complexo ciclesonide-Crysmeb, apesar de serem desejáveis mais estudos de modo a optimizar o processo. Alguns projectos científicos envolvem avultados montantes monetários, tempo e recursos humanos, tendo, por vezes, um risco de insucesso relativamente elevado. Assim, utilizando este trabalho experimental como ponto de partida, um questionário online foi publicitado junto de pessoas relacionadas com a ciência das dez universidades de topo, a nível mundial. Era questionado sobre quais os factores que consideravam ser os mais críticos quando iniciavam pesquisa científica. Estes dados permitiram focar os inputs que podem ser aplicados à ISO 31000:2009, direccionando assim uma norma de gestão de risco que doutro modo seria genérica a este espectro de actividade. O Índice da Gravidade do Risco definido pode igualmente ser utilizado isoladamente, nomeadamente no caso de indivíduos e pequenas organizações que não possuem um plano de gestão de risco – situação que se verifica com este trabalho. A metodologia utilizada parece ser apropriada e com margem para melhorar.
Descrição: Tese de mestrado, Farmacotecnia Avançada, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/11210
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese - Nuno Arriagas.pdf2,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.