Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11272
Título: Que papel para o psicólogo numa equipa de cuidados paliativos?
Autor: Roleto, Andreia Sofia Pessoa de Sousa, 1980-
Orientador: Baptista, Telmo Mourinho, 1959-
Barbosa, António, 1950-
Palavras-chave: Cuidados paliativos
Psicólogos
Equipa de assistência ao paciente
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2013
Resumo: A presente dissertação tem por objectivo a clarificação do papel do Psicólogo enquanto elemento da Equipa de Cuidados Paliativos, partindo da questão: “Que Papel para o Psicólogo numa Equipa de Cuidados Paliativos?” O trabalho em equipa interdisciplinar constitui indiscutivelmente um dos pilares dos Cuidados Paliativos (CP). Neste contexto, pretende-se conhecer quais os contributos exclusivos que o psicólogo disponibiliza à equipa de Cuidados Paliativos, diferenciando a sua intervenção daquela que é prestada pelos restantes elementos. Recorre-se à metodologia qualitativa de recolha e de análise de dados. Realizaram-se entrevistas a psicólogos que integram equipas de Cuidados Paliativos, explorando a perspectiva destes profissionais acerca das suas funções no âmbito da equipa que integram, procedendo-se à respectiva Análise de Conteúdo. A par do objectivo principal, consideraram-se objectivos específicos, visando: - Descrever as funções e tarefas do psicólogo numa equipa de CP; - Identificar as competências exclusivas do psicólogo numa equipa de CP; - Explicitar as dificuldades/obstáculos na intervenção do psicólogo em CP; - Conhecer as necessidades de formação sentidas pelo psicólogo para actuar em CP; - Definir áreas-chave que deverão integrar um curriculum de formação para psicólogos em CP. Conclui-se que a perspectiva dos participantes no estudo reflecte o consenso existente na literatura disponível neste âmbito, reconhecendo um papel diferenciado do profissional da psicologia no contexto do trabalho em equipa interdisciplinar em Cuidados Paliativos, sendo identificadas diferentes vertentes de actuação: ao nível clínico, de intervenção com o doente e família, ao nível do trabalho em equipa em termos de assessoria e apoio informal à equipa, ao nível pedagógico e científico, desenvolvendo actividades formativas e de investigação. Ressalta também do presente estudo a necessidade de implementar programas de formação específicos para psicólogos que intervêm no contexto de Cuidados Paliativos, adequando os contributos da psicologia à especificidade da vivência em situação de doença grave e incurável.
The present study aims to clarify the psychologist role as an element of palliative care teams, starting with the question: "What’s the Psychologist’s role in a Palliative Care Team?" Interdisciplinary teamwork is unequivocally one of the central components of palliative care. This study has the main objective of identifying the unique contributions that psychologists provide to the Palliative Care Team, differentiating the intervention of this professional from the other elements in the team. The study follows a qualitative methodology. Semistructured interviews were carried out with psychologists working in palliative care teams, exploring their perspectives about psychologist tasks and role in palliative care teams. Data were analyzed using qualitative Content Analysis. Alongside the main objective, specific objectives were considered in order to: - Describe tasks performed by psychologists in a palliative care team; - Identify the distinctive competence of the psychologist in a palliative care team; - Verify the main difficulties encountered by psychologists to intervene in palliative care; - Recognize the training needs felt by the psychologist to work in palliative care; - Define key areas that shall integrate a curriculum for training psychologists in palliative care. The main conclusion refers to the agreement between participant’s perspectives and the available literature in this field that recognizes psychologist’s distinctive role in the context of interdisciplinary palliative care team. Participants’ identified different tasks performed by psychologists in palliative care team: clinical roles related with patient and family assessment and intervention; teamwork related roles, in terms of informal advice and support to the team, and training and research roles, developing knowledge in the field. The present study also emphasizes the need to implement specific training programs for psychologists involved in palliative care, adapting the contributions of psychology to the specific situation of end of life issues.
Descrição: Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/11272
Aparece nas colecções:FM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
701955_Tese.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.