Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11322
Título: Contribuição para o conhecimento do perfil metabolómico e das potencialidades farmacológicas de Hypericum Foliosum Aiton
Autor: Machado, Alexandra Maria Pinto
Orientador: Silva, Olga Maria Duarte
Palavras-chave: Hypericum foliosum
Atividade antidepressiva
Atividade antioxidante
Atividade antidiabética
Metabolómica
UPLC-TOF-MS
LC-ESI-MS
Teses de mestrado - 2012
Data de Defesa: 2012
Resumo: O presente trabalho teve como principais objetivos a caraterização fitoquímica e a avaliação da atividade biológica da fração éter dietílica de Hypericum foliosum Aiton, obtida a partir de um extrato metanólico de partes aéreas desta espécie. Neste estudo, foram igualmente comparados os compostos químicos identificados na espécie Hypericum foliosum Aiton (H. foliosum), com mais duas espécies de Hypericum presentes na flora portuguesa, nomeadamente Hypericum perforatum L. (H. perforatum) e Hypericum androsaemum L. (H. androsaemum), usando para o efeito cromatografia em camada fina (TLC), cromatografia líquida de alta pressão com deteção por ultravioleta (LC-UV) e técnicas hifenadas, nomeadamente cromatografia líquida de alta resolução acoplada a um detetor de matriz de díodos (LC-UV/DAD), cromatografia líquida de alta resolução acoplada a espectrometria de massa com ionização por electroatomização (LC-ESI-MS) e cromatografia líquida de ultra resolução acoplada a espectrometria de massa com analisador de massa tipo tempo de voo (UPLC-TOF-MS). Foi também utilizada como técnica espectrofotométrica, a ressonância magnética nuclear (NMR). A identidade dos constituintes identificados foi confirmada com estudos fitoquímicos, usando diferentes técnicas cromatográficas e técnicas usuais de identificação estrutural. Relativamente aos compostos presentes na fração éter dietílica, verificou-se que os maioritários pertenciam à classe química dos terpenos e dos floroglucinóis. Um dos compostos isolados, maioritário nesta fração, foi caraterizado como sendo um composto fenólico de baixa polaridade e está em fase de confirmação de identidade estrutural. Foi ainda determinada as atividades antioxidante, antidiabética e antiacetilcolinesterase in vitro de extratos bioativos de H. androsaemum e de H. foliosum e das frações éter de petróleo, éter dietílica e metanólica deste último, cujos resultados vieram evidenciar o potencial terapêutico desta espécie. Resultados alusivos à atividade antidepressiva in vivo dos extratos totais de H. perforatum, H. androsaemum, H. foliosum e fração éter dietílica e metanólica de H. foliosum são igualmente apresentados. Os procedimentos experimentais inerentes a esse estudo foram efetuados anteriormente por Ramalhete et al. (2008), tendo neste âmbito sido evidenciada a atividade antidepressiva de H. foliosum e sido por esse motivo integrados os resultados no presente trabalho. Em conclusão, é para nós evidente o interesse de Hypericum foliosum, parte aérea, como um potencial fármaco vegetal e potencial fonte de novos agentes terapêuticos, sendo por isso fundamental a realização no futuro de estudos de estrutura/atividade, no sentido de comprovar as características medicinais dos possíveis novos agentes terapêuticos isolados bem como deste fármaco vegetal.
Descrição: Tese de mestrado, Medicamentos à Base de Plantas, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/11322
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_alex - CD.pdf7,54 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.