Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11330
Título: Avaliação das alterações do perfil proteico salivar em indivíduos com obesidade mórbida nas fases pré- e pós cirurgia bariátrica
Autor: Lamy, Elsa Cristina Carona de Sousa, 1977-
Antunes, Célia
Orientador: Carmo, Isabel do, 1940-
Antunes, Célia
Palavras-chave: alfa-Amilases
Cirurgia bariátrica
Anidrases carbónicas
Obesidade mórbida
Proteoma
Teses de mestrado, 2014
Data de Defesa: 2013
Resumo: A obesidade representa um problema de saúde pública, associado a elevadas taxas de morbilidade com custos pessoais e económicos. Em muitos casos, a obesidade está associada à escolha de alimentos calóricos e palatáveis, existindo estudos que sugerem alterações na sensibilidade gustativa em obesos. Tendo a saliva uma participação na avaliação sensorial dos alimentos, alterações na sua composição podem modular a percepção dos alimentos. Por outro lado, este fluido apresenta potencial como fonte de biomarcadores de estados fisiológicos, mas a sua composição tem sido pouco estudada em obesos. No presente estudo comparou-se a composição proteica da saliva entre mulheres normoponderais e obesas submetidas (OCC) e não submetidas (OSC) a cirurgia bariátrica. Através da análise dos perfis SDS-PAGE observou-se um decréscimo de expressão da banda de 56,8 kDa, para mulheres OCC, tendo sido a mesma identificada como alfa-amilase por Western Blot. Já a actividade enzimática desta proteína observou-se estar aumentada em mulheres OSC. Nos perfis electroforéticos bi-dimensionais foram também observadas diminuições na expressão de 2 spots identificados como amilase nas mulheres OCC. Por outro lado mulheres OCC e OSC diferiram entre si em relação à expressão de isoformas diferentes desta proteína, sugerindo diferentes funcionalidades destas, as quais deverão ser exploradas no futuro. Os perfis 2D mostraram ainda aumentos na expressão da proteína zinco-α-2- glicoproteína em mulheres OSC e OCC, o que poderá ter a ver com o papel descrito desta proteína na lipólise. A nível da anidrase carbónica VI (CA VI), mulheres OCC apresentaram expressões mais baixas, estando os níveis de expressão desta proteína positivamente correlacionados com o Índice de Massa Corporal, em OCC e OSC. Tendo em conta a potencial relação da α-amilase com a percepção do gosto doce e da CA VI com a sensibilidade para o gosto amargo, é possível que a saliva esteja envolvida em alterações na percepção gustativa em indivíduos obesos.
Obesity represents a public health problem associated with high morbidity, presenting enormous personal and economical costs. In many cases, obesity is associated with the choice of palatable and caloric foods, with studies suggesting changes in taste sensitivity in obese individuals. Since saliva has a role in sensory evaluation, changes in its composition can modulate food perception. Moreover, this fluid presents potential as a source of biomarkers of physiological states. Nonetheless, its composition in obesity has been few studied. In the present study we compared the protein composition of saliva between normal weight and obese women submitted (OCC) and not submitted (OSC) to bariatric surgery. Through analysis of SDS-PAGE profiles, it was observed a decrease in expression of the band with 56.8 kDa in OCC women. This band was identified as α-amylase by Western blot. Concerning enzymatic activity, OSC women presented an increase comparatively to the other groups. In two-dimensional electrophoretic (2-DE) profiles decreases in expression of two spots in women identified as α-amylase were also observed. On the other hand, OCC and OSC women differed from each other in relation to the isoforms of this protein differently expressed, suggesting possible different functions for each of these isoforms. These must be explored in the future. The 2-DE profiles also demonstrated increases in expression of the protein zinc-α 2-glycoprotein for OSC and CCO women, which may be related to the known role of this protein in lipolysis. For carbonic anhydrase VI (CA VI) the expression levels were reduced in OCC women. Moreover, the expression levels of this protein were found to positively correlate with OCC and OSC women body mass index. Given the potential relationship of α-amylase with sweet taste and CA VI with bitter taste sensitivities, it is possible that saliva is involved in changes in taste perception in obese individuals.
Descrição: Tese de mestrado, Doenças Metabólicas e Comportamento Alimentar, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/11330
Aparece nas colecções:FM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
698859_Tese.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.