Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11426
Título: Thomas Luis, pintor maneirista do sacro e do profano: arte, conservação e restauro:casos de Évora, Aldeia Galega, Elvas, Idanha-a-Nova e Vila Viçosa - Séculos XVI a XVII
Autor: Cordeiro, Filipa Raposo
Orientador: Serrão, Vítor, 1952-
Le Gac, Agnès
Palavras-chave: Luís, Tomás, c.1560-c.1612
Pintura retabular - Portugal - séc.16-17
Pintura - Portugal - séc.16-17
Maneirismo (Arte) - Portugal - séc.16-17
Teses de doutoramento - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: A presente dissertação tem como objectivo apresentar um estudo interdisciplinar inovador sobre as pinturas retabulares e murais do artista inglês Thomas Luis (Thomas Lewis). Estas obras, realizadas entre c. 1582 e c. 1603, estão localizadas em cinco zonas de Portugal: Évora, antiga Aldeia Galega (actual Montijo), Elvas, Idanha-a-Nova e Vila Viçosa. Trata-se de um pintor pouco estudado, de certa forma desvalorizado quando comparado com outros mais prolíficos (caso dos pintores Diogo Teixeira, Simão Rodrigues e Francisco João), mas que apresenta pinturas monumentais que importa conhecer, singulares do ponto de vista artístico. A pintura subsistente em edifícios religiosos e civis dá conta de uma clientela de saber erudito e actualizado em relação ao que de melhor se produzia quer a nível nacional, quer no estrangeiro (na vizinha Espanha, na Alemanha, na Flandres e em Itália). Dez conjuntos pictóricos, compostos por cento e setenta e oito temas (sem esquecer as que desapareceram e pertencem, por isso, à cripto-história), são aqui devidamente fundamentados em termos autorais, como sendo de Thomas Luis. O método de investigação escolhido foi imposto pelo objecto, isto é, pelas próprias pinturas, a partir das quais se realizou a biografia de Thomas Luis. As suas obras-primas foram analisadas de forma pluridisciplinar, segundo seis perspectivas: histórica (contexto espácio-temporal, encomendantes e mecenas); iconográfica e iconológica (perscrutando o significado dos programas sacros e profanos em fontes documentais e literárias); estilística e artística (apresentando as influências plausíveis dos vários ramos da arte – gravura, iluminura, pinturas de cavalete e murais, azulejaria, talha e pedra –, nas obras de Thomas Luis); dos materiais e das técnicas, com base nos resultados adquiridos com métodos de exame e análise (MEA), de área e de ponto; da história “transmemorial” (cronologia das alterações e das intervenções de Conservação e Restauro, com o apoio dos MEA); da Museologia, propondo formas de divulgação do conhecimento adquirido sobre o Património estudado, e da Curadoria, recomendando quer critérios de “autenticidade” para a exposição de bens culturais sacros em pólos culturais (igreja e museu), quer directrizes de conservação preventiva para o prolongamento da sua vida, explicando qual é o papel desempenhado pelo conservador-restaurador nesses âmbitos. Em grandes linhas, este trabalho visa a preservação e projecção da obra de Thomas Luis, dá-la a conhecer ao grande público e fomentar o turismo cultural.
The goal of this thesis is to present an interdisciplinary and innovative study about the altarpieces and wall paintings by the English painter Thomas Luis (Thomas Lewis). These paintings, created between c. 1582 and c. 1603, are located in five areas in Portugal: Évora, the old Aldeia Galega (actual Montijo), Elvas, Idanha-a-Nova and Vila Viçosa. There are few studies about Thomas Luis, who has not been given sufficient recognition when compared with more productive painters (like Diogo Teixeira, Simão Rodrigues and Francisco João), in spite of his monumental paintings, which should be acknowledged, as they are unique. His paintings can be found in religious and private buildings. They show evidence that Thomas Luis’s patrons had an erudite taste and culture, concurrent with the best that was produced not only in Portugal, but also abroad (in neighboring Spain, in Germany, in Flanders and Italy). Ten pictorial groups, composed of one hundred and seventy eight themes (including the ones that disappeared), are herein justified in terms of authorship, as being by Thomas Luis. The research method chosen was imposed by the object, that is, by the paintings themselves, which, in fact, “write” Thomas Luis biography. His masterpieces were studied in a pluridisciplinary way, through six perspectives: historic (space and time contexts, patrons and Maecenas); iconographical and iconological (exploring the meaning of sacred and profane themes in documents and literary sources); stylistic and artistic (showing possible influences, from various art fields – engraving, illumination, easel and wall paintings, tiles, wood and stone works –, in Thomas Luis work); material and technological, using surface and local methods of exam and analysis (MEA); “transmemorial” history (chronology of the alterations and Conservation and Restoration interventions, using MEA), Museology, proposing ways for a wider acquaintance of Thomas Luis work, exhibited in cultural places (church and museum), and Curadory, recommending not only “authenticity” criteria for the exhibition of sacred heritage, but also preventive conservation guide lines to ensure its lasting preservation, explaining the role played by the conservatorrestorer in those areas. This work aims to acknowledge, preserve and project Thomas Luis work to a wider audience and promote the Cultural Heritage Tourism.
Descrição: Tese de doutoramento, História (Arte Património e Restauro), Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/11426
Aparece nas colecções:FL - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd068527_td_Filipa_Cordeiro.pdf47,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.