Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1182

Título: Via de saída de mitose em Drosophila melanogaster: análise de mutantes nos genes tipo Mob
Autor: Samora, Catarina Pacheco, 1984-
Orientador: Tavares, Álvaro
Gomes, Rui, 1955-
Palavras-chave: Biologia molecular
Drosophila melanogaster
Teses de mestrado
Issue Date: 2007
Resumo: Mitotic exit and cytokinesis are essential processes that need to be tightly regulated in order to ensure cell viability and genomic stability. In Sacharomyces cerevisiae, mitotic exit is achieved through a signaling pathway called MEN (mitotic exit network). One of the proteins that participates in MEN and is essential for mitotic exit is MOB1.On the other hand, the fission yeast MOB1 orthologue, is required for the initiation of septation but not for mitotic exit. The starting point of this work was try to better understand the cell division mechanisms in higher eukaryotes, and specifically try to address whether there is a conservation of the mechanisms leading to mitotic exit and cytokinesis in Drosophila melanogaster. In order to address this issue, and because Mob proteins are evolutionarily conserved, we decided to study the Mob-1 like family of proteins in Drosophila, specially focusing on the role of DMob1 and Dmob2. Phenotypic characterisation of the Dmob mutant fly lines generated, suggests that the Drosophila MOB proteins may not be involved in mitotic exit or cytokinesis. Dmob1 null mutants are semi-lethal at the embryo stage and the few escapers show male sterility. Dmob1 embryos show defects in microtubule nucleation at the centrosomes and spermatogenesis is abnormal (few mitotic divisions). Dmob2 null mutants are lethal at larval to pupal transition and mutant brains have a low mitotic index, with a block in metaphase. The few anaphases observed are defective in chromosome segregation. However, these mutants have very few cells in mitosis, suggesting that the main problem is an arrest before M phase. The potential roles of the Dmob proteins and the possibility of their redundant function is discussed
A saída de mitose e a citocinese são processos essenciais que têm que ser finamente regulados, de modo a garantir a viabilidade celular e a estabilidade do genoma. Em Sacharomyces cerevisiae , a saída de mitose é levada a cabo através de uma via de sinalização denominada MEN (do inglês mitotic exit network). Uma das proteínas que participa nesta via e é essencial para a saída de mitose é a MOB1. Por outro lado, o ortólogo de MOB1 em levedura de fissão é necessário para a iniciação da septação mas não para a saída de mitose. O objectivo inicial deste trabalho foi tentar compreender melhor os mecanismos de divisão celular em eucariotas superiores, e especificamente investigar uma possível conservação nos mecanismos que conduzem à saída de mitose e à citocinese em Drosophila melanogaster. Para tal, e uma vez que as proteínas do tipo Mob1 estão conservadas ao longo da evolução, dedicámo-nos ao estudo destas proteínas em Drosophila, em particular às proteínas DMob1 e Dmob2. A caracterização fenotípica das linhas de moscas mutantes para Dmob1 e Dmob2 sugere que as proteínas do tipo MOB de Drosophila podem não estar envolvidas na saída de mitose ou na citocinese. O mutante nulo para Dmob1 é semi-letal na fase embrionária e os poucos adultos sobreviventes apresentam esterilidade masculina. Os embriões Dmob1 apresentam defeitos na nucleação de microtúbulos nos centrossomas e a espermatogénese é anormal. O mutante nulo para Dmob2 é letal na transição de larva para pupa e os cérebros mutantes têm um baixo índice mitótico, com bloqueio na metafase. As raras anafases observadas apresentam defeitos na segregação dos cromossomas. No entanto, estes mutantes têm poucas células em mitose, indicando que o seu principal problema será um bloqueio antes da fase M. O potencial papel das proteínas Dmob e as suas possíveis funções redundantes serão discutidos
Descrição: Tese de mestrado em Biologia Molecular e Genética apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Ciências, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10451/1182
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
17297_ULFC080386_TM.pdf25,44 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia