Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11874
Título: A convergência na pessoa humana de uma nova ordem internacional e o "sinal" da intervenção humanitária
Autor: Nascimento, José Carlos Lopes
Orientador: Fonseca,Rui Guerra da,1975-
Palavras-chave: Direito internacional
Ordem internacional
Direito humanitário internacional
Organizações internacionais
Direitos do homem
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 3-Set-2014
Resumo: Procurando entender as mutações na realidade política (internacional) à luz das mutações civilizacionais, i.e., da sucessão de ‘óptimos culturais’, propomo-nos perceber se a ‘direcção da evolução’ da Ordem Internacional e o ‘estágio de desenvolvimento’ dos conceitos-base que a fundam contemporaneamente, implicam, como ‘efeito necessário’, a convergência na Pessoa Humana de uma Nova Ordem Internacional. Avaliaremos a figura da Intervenção Humanitária como um ‘sinal’ particular daquela direcção e daquele ‘estágio de desenvolvimento’, i.e., de experienciamento das possibilidades. Uma vez que procuramos uma direcção geral, teremos, primeiro, de assegurar uma perspectiva ‘civilizacional’, recorrendo, não apenas ao plano jurídico e político, mas também ao sociológico e antropológico. Projectar uma reorientação dos conceitos que se relacionam directa ou indirectamente com o aspecto da ‘organização sociopolítica’ – nomeadamente, a ideia/conceito de Ordem Internacional, Estado e Povo, de forma a podermos transportá-los para um ângulo civilizacional/antropológico. Percebermos, finalmente, se o próprio Direito Internacional será forçado a centrar-se na Pessoa Humana, e o papel da Intervenção Humanitária nessa mudança paradigmática.
Seeking to understand the mutations in the political reality (internationally viewed) in relation to civilizational mutations, i.e., the succession of ‘cultural optimums’, we aim to 'produce' a perspective about the 'direction of evolution' in the International Order and the current 'development stage' of the basic-concepts that underlie it contemporarily, in order to check, as 'necessary effect', the convergence to the Human Person of a New World Order. Evaluate the figure of Humanitarian Intervention as a particular 'sign' of that direction and that ‘development stage’, i.e., the experiment of possibilities. Since we seek a general direction, we shall first provide a 'civilization' overview, using not only law and political perspectives, but also sociological and anthropological. We shall give a reorientation of the concepts related directly or indirectly to the aspect of 'sociopolitical organization' – namely the idea/concept of International Order, State and People, so that we can bring them to a civilizational/anthropological ‘approach’. Recognize, finally, if International Law will be forced to focus on the Human Person, and the role of Humanitarian Intervention in that paradigm shift.
URI: http://hdl.handle.net/10451/11874
Aparece nas colecções:FD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfd125304_tese.pdf1,01 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.