Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/11989
Título: Anticancer properties of terpenoids in resistant cancer cells
Autor: Neto, Sara Cristina dos Santos
Orientador: Ferreira, Maria José Umbelino
Duarte, Noélia Maria da Silva Dias
Palavras-chave: Euphorbia boetica
Diterpenos macrocíclicos
Latirano
Multirresistência
Glicoproteína-P
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: The main goal of the study reported in this dissertation was to find out effective modulators of P-glicoprotein (P-gp) mediated multidrug resistance (MDR) in cancer cells by using two approaches: i) the isolation of new macrocyclic diterpenes from Euphobia boetica and ii) the development of a small set of lathyrane derivatives through molecular derivatization of compounds isolated in large amounts. In this way, the phytochemical study of two fractions of Euphorbia boetica methanolic extract was carried out using chromatographic techniques. Six diterpenes with the lathyrane scaffold were isolated, three of which are new compounds. A known triterpene with the cycloartane skeleton was also isolated. A small set of macrocyclic lathyrane diterpenes was developed through molecular derivatization, taking advantage of the several chemical functions of euphoboetirane A, which was isolated in large amounts. Therefore, euphoboetirane A was hydrolysed to give the known parental compound lathyrol. Starting from lathyrol and using different acylating reagents, seven mono- and di-acylated derivatives (euphoboetiranes C – I) were obtained. During the referred reactions, some acylated derivatives were further modified undergoing conjugate addition to the D,E-unsaturated system, giving rise to four new compounds (12-hydroxyboetiranes A – D). Moreover, euphoboetirane A was also reduced with lithium-aluminum hydride yielding a new lathyrane-type diterpene, named tetrahydroxylathyrol. Overall, a total of nineteen lathyrane diterpenes were obtained, including fifteen new derivatives. Their structures were elucidated by physical and spectroscopic methods (IR, mass spectrometry, and extensive 1D and 2D nuclear magnetic resonance experiments) and comparison with the literature data. The diterpenes were evaluated for their ability as modulators of multidrug resistance on human MDR1 gene transfected mouse lymphoma cells (L5178Y MDR). Some of the tested compounds showed to be promising modulators of P-gp activity increasing therefore, the drug retention in resistant cancer cells.
O trabalho apresentado nesta dissertação teve como objectivo a pesquisa de novos compostos com actividade modeladora da multirresistência farmacológica (Multidrug Resistance - MDR) mediada pela glicoproteína-P (P-gp) em células tumorais utilizando duas abordagens: i) o isolamento de novos diterpenos macrocíclicos de Euphorbia boetica e ii) a criação de um pequeno conjunto de diterpenos por derivatização molecular de compostos isolados em maior quantidade. Deste modo, o estudo fitoquímico de duas frações do extrato metanólico de Euphorbia boetica foi realizado com recurso a várias técnicas cromatográficas. Foram isolados e identificados seis diterpenos macrocíclicos com o esqueleto do latirano, três dos quais são novos compostos. Foi também isolado um triterpeno com o esqueleto do cicloartano já descrito anteriormente na literatura. Por derivatização molecular do eufoboetirano A, isolado em maior quantidade, foi obtido um pequeno grupo de diterpenos macrocíclicos com o esqueleto do latirano. A hidrólise deste diterpeno originou um composto tri-hidroxilado designado por latirol. A partir do latirol e utilizando diferentes reagentes de acilação, foram obtidos sete novos derivados mono- e diacilados (eufoboetiranos C – I). No decurso destas reações, alguns derivados acilados sofreram adição conjugada dando origem a quatro novos compostos (12-hidroxiboetiranos A –D). O eufoboetirano A foi também reduzido com hidreto de alumínio e lítio obtendo-se um novo composto denominado tetra-hidroxilatirol. No total foram obtidos dezanove diterpenos com o esqueleto do latirano, incluindo quinze novos derivados. As estruturas químicas dos compostos foram deduzidas com base nas suas características físicas e espectroscópicas (IV, espectrometria de massa, ressonância magnética nuclear unidimensional - 1H-RMN e 13C-RMN - e bidimensional - 1H-1H-COSY, HMQC, HMBC e NOESY) e por comparação com dados descritos na literatura. Os diterpenos foram avaliados como moduladores da glicoproteína-P em células de linfoma de rato transfetadas com o gene humano MDR1 (L5178Y MDR). Alguns dos compostos testados mostraram forte atividade moduladora da P-gp, podendo assim ser considerados bastante promissores como protótipos para o desenvolvimento de agentes reversores da multirresistência em células tumorais.
Descrição: Tese de mestrado, Química Farmacêutica e Terapêutica, Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/11989
Designação: Química Farmacêutica e Terapêutica
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sara Neto.pdf2,96 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.