Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/12152
Título: Integração da filosofia da química no currículo de formação inicial de professores : contributos para uma filosofia do ensino
Autor: Ribeiro, Marcos António Pinto
Orientador: Coelho, Ricardo Lopes, 1959-
Peralta, Maria Helena, 1947-
Palavras-chave: Teses de doutoramento - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: O campo disciplinar da filosofia da química só começa a se constituir, mais sistematicamente, a partir dos anos 1990, espaço até aí ocupado, tacitamente, pelo fisicalismo e reducionismo. A reflexão esclarecida sobre a especificidade filosófica da química conduziu a perspectivas da práxis química ainda ausentes no currículo escrito e real da química. Reflexos desse fenômeno são evidenciados na falta de consenso e de diálogo e nos obstáculos epistemológicos e conceituais do ensino. O presente trabalho de investigação qualitativa é uma aproximação entre filosofia, química e currículo através da Grounded theory e do mapeamento como princípios metodológicos. Mostra, primeiramente, que a filosofia da química constitui um complexo disciplinar, plural que, por seu valor intrínseco e instrumental, deve e pode ser integrado no currículo de formação inicial de professores. A investigação avança para caracterizar estilos didáticos epistemológicos e cognitivos da química, principais características da química, principais tensões e problemas da práxis química. Num passo seguinte, a investigação trata das dinâmicas, estruturas, princípios e orientações curriculares. Nossos principais resultados indicam as classificações, diagramaticidade, fenomenotecnia, processualidade e dimensão tácita como estruturas curriculares e estilos cognitivos, epistemológicos e didáticos. Como eixos de uma filosofia da educação química apontamos: uma filosofia pluralista e uma filosofia relacionista intercultural e histórica. Por fim, propomos um currículo com base na práxis, denominado ―Comunidade em coordenação‖, que busca compatibilizar algumas tensões: currículo enciclopédico e crítico, técnico e emancipatório, conteúdo/processo, formação humanística/técnica. Nesse currículo, propomos cinco eixos formativos que problematizam, de forma distal ou focal, a práxis química e os interesses humanos básicos (Habermas).
The disciplinary field of philosophy of chemistry only began to form, more systematically, from the 1990s, in a space occupied, tacitly, by physicalism and reductionism. The enlightened reflection on the philosophical specificity of chemistry led to perspectives of chemistry praxis still missing in the written and actual curriculum of chemistry. Consequences of this phenomenon are evident in the lack of consensus and dialogue and the epistemological and conceptual teaching obstacles. This qualitative research study is an approximation between philosophy and chemistry curriculum through the Grounded Theory and mapping as methodological principles. First, it shows that philosophy of chemistry is a complex, plural discipline which, for its intrinsic and instrumental value, could and should be integrated into the curriculum of teachers‘ initial education. The research advances to characterize epistemological and cognitive didactic styles of chemistry, main features of chemistry, principal tensions and problems of chemistry praxis. In a next step, the research addresses the dynamics, structures, principles and curriculum guidelines. Our main results indicate the ratings diagramaticity, phenomenotechnique, processuality and tacit dimension as curriculum frameworks and cognitive, epistemological and didactic styles. As elements of a philosophy of chemistry education we point: pluralistic philosophy, relationist intercultural and historical philosophy. Finally, we propose a curriculum based on praxis, called "Community in coordination", which attempts to reconcile some tensions: encyclopedic and critical curriculum, technical and emancipatory, content/process humanistic/technical training. In this curriculum, we propose five formative axes that question, in a distal or focal way, chemistry praxis and basic human interests (Habermas).
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Teoria e Desenvolvimento Curricular), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/12152
Designação: Doutoramento em Educação
Aparece nas colecções:IE - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd069011_td_tese.pdfTese3,56 MBAdobe PDFVer/Abrir
ulsd069011_td_anexos.pdfAnexos1,8 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.