Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/12223
Título: A luminura de Maria de Ataíde e Isabel Luís no Mosteiro de Jesus de Aveiro (c. 1465-1500)
Autor: Cardoso, Paula Filipa Freire
Orientador: Miranda, Maria Adelaide
Palavras-chave: Ataíde, Maria de, ?-1525
Luís, Maria, 1449-1542
Iluminura medieval - Portugal
Manuscritos iluminados - Portugal - séc.15
Mosteiro de Jesus (Aveiro, Portugal) - séc.15
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Esta dissertação tem como tema a iluminura de Maria de Ataíde e Isabel Luís no Mosteiro de Jesus de Aveiro. O trabalho destas iluminadoras desenvolveu-se entre o final do século XV e o início do século XVI (c. 1465 -1500), no scriptorium do mesmo mosteiro, e chegou até hoje através de, principalmente, livros litúrgicos. O principal objectivo desta dissertação é, através da análise dos códices assinados e atribuídos a estas iluminadoras, traçar um perfil que defina o seu trabalho de modo a perceber quais as características que marcaram a iluminura do scriptorium em estudo e enquadrá-las no panorama da iluminura portuguesa da época. A escolha destas duas iluminadoras como representantes do dito scriptorium deveu-se ao facto de serem seus os únicos exemplares iluminados assinados, num fundo de cerca de 42 códices. O trabalho destas religiosas insere-se no contexto da iluminura monástica portuguesa do século XV, marcada por um decréscimo de produção resultante da decadência dos grandes centros de produção medievais que começaram, cada vez mais, a recorrer à encomenda externa. Fundado com o mosteiro, em 1465, o scriptorium do Mosteiro de Jesus de Aveiro vem contrariar esta tendência produzindo os seus próprios códices e formando aquilo a que as fontes da época chamaram uma grande livraria. Esta investigação pretende contribuir para o preenchimento da lacuna que existe no estudo da iluminura monástica portuguesa do século XV servindo como ponto de partida para o aprofundamento da investigação da produção nacional posterior ao século XIII. Para isso, o trabalho dividiu-se em quatro partes principais: Um capítulo de contextualização do estudo; a análise da iluminura dos códices de cada uma das iluminadoras; a contextualização das características da iluminura do Mosteiro de Jesus de Aveiro no panorama da iluminura nacional da segunda metade do século XV e, finalmente, a interpretação da mesma do ponto de vista devocional, de acordo com a análise da espiritualidade da comunidade. Deste estudo pôde concluir-se que a iluminura das primeiras décadas do scriptorium de Aveiro está, regra geral, de acordo com o panorama da iluminura portuguesa do final do século XV mostrando o cruzamento de linguagens próprio da viragem do século. Salientam-se, no entanto, as suas características muito próprias relacionadas com o carácter intimista que a decoração de livros sagrados pode ter quando é feita pela própria comunidade, embebida de devoção e vontade obedecer aos preceitos da sua regra.
Abstract: The present dissertation addresses the illumination of Maria de Ataíde and Isabel Luis, carried out in the Monastery of Jesus in Aveiro. The work of these illuminators occurred between the end of the 15th century and the beginning of the 16th century, in the scriptorium of the mentioned monastery, and survived until the present day especially through liturgical books. The main goal of this dissertation is, via the analysis of the codices attributed to (or signed by) these authors, to trace a profile of their work in order to understand the characteristics that marked the illumination of the scriptorium, and contextualise the illuminators in the broader panorama of Portuguese illumination from that period. The choice of these two illuminators as representatives of the scriptorium is due to the fact that, from an archive of 42 codices, the only signed examples belong to them. The work of these two nuns is inserted within the context of 15th-century Portuguese monastic illumination, which was marked by a decrease in the production given the decadence of the great medieval centres of production, which began to progressively favour external commissions. Founded along with the monastery in 1465, the scriptorium of the Monastery of Jesus of Aveiro comes to buck the trend by producing its own codices and forming what sources of the time called a great library. This research intends to filling the existing gap in the study of 15th-century Portuguese monastic illumination, thus serving as a starting point for the deepening of the investigation concerning national production after the 13th century. Hence, this dissertation is divided in four main parts: a chapter contextualising the study; the analysis of the illumination of the codices by both illuminators; the contextualisation of the characteristics of the illumination in the Monastery of Jesus of Aveiro in the framing of national production during the second half of the 15th century; and finally an interpretation of this illumination given the devotional perspective and according to the analysis of the spirituality of that community
Descrição: Tese de mestrado, Arte, Património e Teoria do Restauro, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/12223
Designação: Mestrado em Arte, Património e Teoria do Restauro
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl157014_tm.pdf12,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.