Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/12260
Título: Tropeçando pela luz com Frank X. Gaspar: partir de memórias na tradução de poesia
Autor: Vieira, Sara Santos
Orientador: Gato, Margarida Vale de
Palavras-chave: Gaspar, Frank X., 1946 - Crítica e interpretação
Gaspar, Frank X., 1946 - Traduções portuguesas
Poesia - Tradução
Trabalho de projecto de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: Apesar do enorme reconhecimento que a sua obra poética tem vindo a obter nos EUA, Frank X. Gaspar nunca entrou verdadeiramente no sistema literário português. Salvo algumas traduções avulsas em publicações portuguesas de pouca expressão (da autoria de Vamberto Freitas) , a sua poesia continua na obscuridade em terras lusas não tendo o poeta a projeção que merece na sua condição de maior representante da literatura diaspórica luso-americana do momento (dentro do género poético). Nesse sentido, este trabalho de projeto, juntamente com o exercício tradutório que dele faz parte, procura estabelecer um lugar para Frank X. Gaspar no cânone literário português, dando não só visibilidade ao autor, mas também à própria literatura de diáspora luso-americana. No que toca às caraterísticas da escrita poética de Frank X. Gaspar, destaca-se, em primeiro lugar, o seu caráter culturalmente híbrido, resultante do legado português deixado pelos seus antecessores açorianos, e que se patenteia, sobretudo, na introdução de mudanças de código no texto. Em segundo lugar, a poesia de Gaspar apresenta vários níveis de intertextualidade, oriundos de uma vasta rede de fontes, que se sobrepõe e interage de uma forma orgânica mas ao mesmo tempo intricada. As fronteiras entre interculturalidade e a intertextualidade, contudo, esbatem-se na poesia de Frank X. Gaspar: isto é fruto de um processo criativo altamente vinculado à Memória e que se repercute na mente do próprio leitor através de teias semânticas alavancadas por imagens e tropos que se repetem por toda a obra poética do autor luso-descendente. Na análise crítica feita à tradução de uma seleção de poemas de Frank X. Gaspar, “Tropeçando pela Luz”, serão considerados não só problemas que têm que ver com o estilo particular do poeta, mas também questões mais gerais, no âmbito dos estudos literários e de tradução, e que se prendem com a tradução da poesia: para além das dificuldades despertadas pela procura do equilíbrio entre fidelidade e manipulação do texto de partida, há que considerar a representação da cultura portuguesa na obra de Frank X. Gaspar e como a sua desfamiliarização se expressa na tradução.
ABSTRACT: Despite being acknowledged and prize-honored in the USA, Frank X. Gaspar’s poetry never truly entered the Portuguese literary system. Apart from some isolated translations in less wellknown Portuguese publications (mostly by Vamberto Freitas), Gaspar's poetic production remains all but invisible in Portugal, and the author has not earned the dissemination he deserves as the most representative poet in Luso-American literature. Consequently, this dissertation, along with a translation exercise of a selection of Gaspar's poems, aims to establish a place for Frank X. Gaspar's work in the Portuguese literary cannon, thus awarding visibility not only to the poet but also to Luso-American diaspora literature itself. Regarding the distinctive features of Gaspar’s poetry, prominence is given firstly to its cultural hybridity (a legacy brought by the author's Azorean ancestors), noticeable in the text mainly by the use of code switching. Secondly, Gaspar's poetry shows several intertextual layers, arising from an extensive allusive network, that overlap and interact in an organic but also intricate way. In Frank Gaspar's poetic work, however, boundaries between intercultural and intertextual fields tend to blur: this is due to a creative process strongly tied to Memory, a feature that also echoes in the reader's mind through semantic connections coming from recurrent images and tropes. In what concerns the critical analysis underlying the translation process of Gaspar's selected poems, in the anthology “Tropeçando pela Luz” (“Stumbling in Light”), this project focuses not only on his personal style but also on more general issues about the translation of poetry (in a theoretical framework including translation and literary studies disciplines). Besides the many difficulties arising from the search of balance between fidelity and the manipulation of the source text, the translator must also deal with the representation of the Portuguese culture in Frank X. Gaspar's work and how its alienation comes through in the translated text.
Descrição: Trabalho de projecto de mestrado, Tradução, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/12260
Designação: Mestrado em Tradução
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfl166514_tm_capa.pdf112,37 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfl166514_tm.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir
ulfl166514_tm_anexo_capa.pdf79,79 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfl166514_tm_anexo.pdf431,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.