Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/12291
Título: Filhos a mais: descendências numerosas e a questão do (não) planeamento dos nascimentos
Autor: Cunha, Vanessa
Palavras-chave: Ideais de fecundidade
Planeamento familiar
Descendências numerosas
Desigualdades sociais
Data: 2009
Editora: APF
Resumo: Sustentada num novo paradigma contraceptivo, a reprodução conjugal é hoje arena de livres escolhas: os casais podem decidir se querem ter filhos, quantos querem ter e quando os querem ter. Não obstante esta tendência, há ainda na sociedade portuguesa uma desigual distribuição de recursos e competências na população, nomeadamente a competência a nível da vigilância contraceptiva. Por conseguinte, os "filhos a mais" - que estão ancorados em contextos sociais mais desfavorecidos - consubstanciam situações em que o "acidente" na trajectória reprodutiva conduz à constituição de descendências numerosas, descendências essas que superam os próprios ideais de fecundidade orientados pela "norma dos 2 filhos".
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10451/12291
Aparece nas colecções:ICS - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ICS_VCunha_Filhos_ARN.pdf251,61 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.