Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1253

Título: Susceptibilidade da enguia-europeia (Anguilla anguilla) à degradação ambiental do estuário do Tejo:contaminação biológica pelo parasita Anguillicola crassus e contaminação química por metais pesados
Autor: Neto, Ana Filipa Gomes
Orientador: Domingos, Isabel Maria Madaleno
Caçador, Maria Isabel Violante
Palavras-chave: Ictiologia
Poluição
Parasitologia
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: A susceptibilidade da enguia-europeia à degradação ambiental do estuário do Tejo foi investigada em duas vertentes: contaminação biológica pelo nemátode parasita Anguillicola crassus e contaminação química por metais pesados (Cd, Cu, Pb e Zn). Para tal, foram capturadas enguias e recolhidas amostras de sedimento em quatro locais da área de estudo. A análise de ambas as contaminações foi efectuada em função de algumas variáveis biológicas (sexo e tamanho) e da variação espacial. A sua influência na condição dos indivíduos foi também avaliada. A infecção por A. crassus atingiu mais de metade da amostra com uma intensidade de dois parasitas por enguia infectada. Não se encontraram variações do parasitismo com o sexo dos hospedeiros. Contudo, em relação ao tamanho, as enguias maiores apresentaram um maior número de nemátodes. Quanto aos locais, registou-se uma menor prevalência da infecção nas enguias capturadas em águas com maior salinidade. A concentração de metais pesados nos tecidos (fígado e músculo) não variou de acordo o sexo dos indivíduos. Contudo, em relação ao tamanho, a concentração dos metais não essenciais (Cd e Pb) diminuiu com o comprimento das enguias, contrariamente à concentração dos metais essenciais (Cu e Zn) presentes no fígado, que aumentou. Quanto aos locais, observou-se uma concentração superior de cobre e zinco nos tecidos das enguias capturadas na estação com maior contaminação do sedimento, tendo-se verificado o oposto para o cádmio e o chumbo. Apesar de considerados prejudiciais para o sucesso reprodutivo da espécie, no presente estudo, não se observaram impactos negativos na condição das enguias como consequência, quer da contaminação biológica, quer da contaminação química. Assim, torna-se necessária uma avaliação dos impactos específicos na condição das enguias que contemplem aspectos fisiológicos, histológicos e citológicos, bem como uma monitorização contínua da sua qualidade, de modo a estabelecer medidas de gestão que assegurem a recuperação desta espécie em risco e que, em simultâneo, possam contribuir para a melhoria da qualidade do ambiente aquático
European eel susceptibility to environmental degradation was investigated in the Tagus Estuary focusing on biological contamination by the parasite nematode Anguillicola crassus and chemical contamination by heavy metals (Cd, Cu, Pb and Zn). In order to achieve that goal, eels were captured and sediment samples were collected in four stations within the study area. Analyses of both contaminations were performed in relation to some biological variables (sex and size) and spatial variation. Their influence on individual fitness was also evaluated. A. crassus infection was present in more than half of the sample with intensity of two parasites per infected eel. No significant variation in parasitism was found according to eel's sexes. However, in relation to size, larger eels presented more nematodes. Spatial variations revealed a smaller prevalence of the nematode in sites where salinity was higher. Heavy metal concentration in tissues (liver and muscle), did not differ according to eel's sexes. However, in relation to size, the concentration of non-essential heavy metals (Cd and Pb) was lower in larger eels, whereas the concentration of essential metals (Cu and Zn) present in the hepatic tissue was higher. Regarding sampling sites, higher concentrations of copper and zinc in eel's tissues were found where sediment contamination was also superior, but for cadmium and lead concentrations the opposite situation was verified. Despite being considered injurious to the reproductive success of this species, in the present study, no negative impacts were found in eel's condition due to biological and chemical contaminations. Thus, an evaluation of specific impacts on individual's fitness that considered physiological, histological and cytological aspects, as well as a continuous assessment of their quality are necessary, in order to establish management measures that can guarantee the recovery of this species and that, simultaneously, can also contribute to a general healthier aquatic ecosystem
Descrição: Tese de mestrado, Ecologia e Gestão Ambiental, 2008, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000561136
http://hdl.handle.net/10451/1253
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
19028_ulfc080457_tm.pdf946,07 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE