Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1311

Título: Relação entre religiosidade e orientação moral de homens e mulheres
Autor: Neto, Maria Eugénia Valentim
Orientador: Azevedo, Mário
Palavras-chave: Educação
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: O presente estudo centra-se na relação entre a orientação moral de cada indivíduo e a sua religiosidade, sendo o objectivo primordial da investigação verificar se os indivíduos que revelam um maior índice de religiosidade apresentam uma orientação deontológica ou processualista, em contraste com a teleológica ou consequentualista daqueles que manifestam um menor índice no que respeita ao sentimento religioso. Outros objectivos foram visados, como aquilatar as diferenças entre os géneros relativamente à orientação moral deontológica, à orientação moral teleológica e à religiosidade, apreciar a relação entre a religiosidade e a socialização e ainda analisar a proximidade dos constructos de religiosidade e de espiritualidade. A investigação contemplou uma amostra composta por 206 participantes, 103 de cada um dos sexos. Os participantes encontravam-se a frequentar o 11.º e o 12.º anos do ensino secundário e o ensino superior, em instituições situadas na Área Metropolitana de Lisboa. Foram utilizados três instrumentos de medição, que agora se expõem. O Teste de Orientação Moral (TOM), que tem por objectivo a avaliação de duas orientações morais, que reflectem a distinção entre a moralidade deontológica ou processualista e a moralidade teleológica ou consequentualista; o Questionário sobre a Vivência Espiritual e Religiosa (QVER), para medir o nível de religiosidade dos indivíduos e, por fim, a escala So, da CPI, que permite a mensuração do nível de socialização. No que refere aos resultados, o estudo aponta para a existência de uma relação positiva, estatisticamente significativa, baixa, entre a religiosidade e a orientação moral deontológica ou processualista e para a existência de uma relação negativa entre a religiosidade e a orientação moral teleológica ou consequentualista. Relativamente às diferenças entre os géneros no que refere à orientação moral, apurou-se que as mulheres obtêm cotações mais elevadas que os homens na orientação moral deontológica ou processualista, enquanto os homens apresentam cotações mais elevadas que as mulheres na orientação moral teleológica ou consequentualista. Os resultados não apoiaram a existência de uma relação positiva significativa entre a religiosidade e a socialização. Os resultados da investigação confirmaram a existência de diferenças significativas entre os géneros no que refere à religiosidade. As mulheres apresentaram cotações mais elevadas do que os homens no âmbito da vivência religiosa. Finalmente, de acordo com os resultados encontrados, a religiosidade e a espiritualidade apresentam-se como conceitos próximos
The present study is centered on the relation between the moral orientation of each individual and its religiousness, and the main aim of this investigation is to verify if the individuals that reveal higher rate of religiousness present a deontological or processualist orientation in contrast with the teleological or consequentialist orientation of those who reveal a low rate in what it concerns with religious living. This investigation presents other aims such as to examine the differences between gender relatively to the deontological moral orientation, the teleological moral orientation and the religiousness, to observe the relation between religiousness and socialization and also to analyze the similarity of the constructs of religiousness and spirituality. The investigation had 206 participants, 103 females and 103 males. The participants were in the high school, precisely in the 11th and 12th grades, and also from University, in institutions situated around the Metropolitan Area of Lisbon. Three instruments of measurement were used: (a) the Test of Moral Orientation, for the purpose of evaluating two moral orientations, that reflect the distinction between the deontological morality and the teleological morality; (b) the Questionnaire of Spiritual and Religious Living, to measure the level of religiousness of the individuals; finally, (c) the scale SO, of the CPI, that allows the measurement of the socialization rate. The results show some evidence of a positive, statistically significant, low, relationship between the religiousness and the deontological moral orientation and also of a negative relationship between the religiousness and the teleological moral orientation. In what concerns the differences in the moral orientation between genders, it was concluded that the women obtain higher scores than the men in the deontological or processualist moral orientation, while men present higher scores than women in the teleological or consequentialist moral orientation. The results didn't show evidence of a significant relationship between the religiousness and the socialization. Evidence was found supporting the hypothesis of significant differences between genders concerning the level of religiousness. The women presented higher scores than the men in what it relates to the religious living. Finally, results support the hypothesis of perception of similarity of the concepts of religiousness and spirituality
Descrição: Tese de mestrado, Educação (Formação Pessoal e Social), 2008, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000561760
http://hdl.handle.net/10451/1311
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
19577_ulfc091293_tm_TeseEugenia_080423_Versao_final.pdf1,03 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia