Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/1343
Título: Representações dos pais em relação à Creche: um estudo de caso
Autor: Rodrigues, Irene Maria Rocha e Silva
Orientador: Salema, Maria Helena, 1943-
Palavras-chave: Educação
Formação Pessoal e Social
Teses de mestrado
Data de Defesa: 2007
Resumo: Num período de constantes mudanças sociais, políticas e laborais, as Creches surgem como um dos possíveis apoios sociais e educativos e tornaram-se de grande importância para as famílias. Na sociedade actual, a necessidade sentida pelos pais de recorrer a instituições para a guarda dos seus filhos é premente e a falta destas estruturas, nas áreas de residência, um problema acrescido para as famílias. O facto de, cada vez mais, ambos os pais trabalharem, implica obrigatoriamente a necessidade de procura de uma resposta social e pedagógica aceitável, para cuidar dos filhos na sua ausência. Este estudo teve como objectivo conhecer as representações e expectativas dos pais que recorreram a uma Creche, para cuidar dos seus filhos. A tese procura: contribuir para um maior conhecimento e compreensão das famílias e das suas dificuldades; dar a conhecer como funcionam as Creches, as suas preocupações e a sua importância na sociedade actual; contribuir para uma diferente organização e gestão da Creche no futuro; contribuir para melhorar a participação activa e o envolvimento entre as famílias e as Creches, em particular com os seus profissionais. O presente estudo é descritivo e interpretativo, assenta numa metodologia de carácter naturalista, envolveu as famílias de dezasseis crianças e decorreu durante o ano lectivo de 2006/2007. Como métodos de recolha de dados foram privilegiados a entrevista informal, efectuada cerca de quatro meses antes da entrada das crianças na Creche; o questionário, entregue a mães e pais, três meses após a data de entrada, com a pretensão de obter diferentes pontos de vista acerca de uma mesma realidade; e a observação participante, em que o investigador - observador surge como principal mediador entre as crianças a Creche e as famílias, descrevendo acções do quotidiano, consideradas de relevo. O estudo revelou algumas da principais preocupações dos pais na escolha de uma Creche, tais como segurança, tranquilidade, confiança, receio, adaptação, afectividade e alguns desfasamentos entre a oferta da Creche e as necessidades reais de algumas famílias, nomeadamente a nível dos horários, deixando em aberto até que ponto a satisfação dessas necessidades poderá interferir no bem-estar de crianças tão pequenas.
In a period of constant social, political and labour changes, Kindergartens emerge as one of the possible social and educational support structures which have become of great importance to families In contemporary societies, parents' needs to use institutions for the custody of their children are urgent, and the lack of these structures in the areas of residence becomes a problem for families. The increasing fact of having both parents at work necessarily implies the need to search for a social and educational acceptable answer, in order to take care of the children while they are absent. This study aims at finding out the representations and expectations of parents who have chosen a kindergarten to take care of their children. This thesis seeks to contribute to a greater knowledge and understanding of the families and their difficulties, to show how Kindergartens generally operate, also focusing on their concerns and importance in our society; as well as contributing to a different organisation and management of Kindergartens in the future and to help improving an active participation and involvement between families and Kindergartens, particularly with its staff. This study is descriptive and interpretative and is based on a naturalist methodology. It involved the families of sixteen children throughout 2006/2007. As methods of data collection we have privileged: the informal interview, conducted about four months before the entry of children in Kindergarten; the questionnaire, given to mothers and fathers, three months after the date of entry, with the desire to obtain different points of views about the same reality; and participant observation, through which the researcher - observer appears as the main mediator between Kindergarten children and families, describing everyday actions, which are considered of importance. The study revealed some of the major parents' concerns when choosing a kindergarten, such as security, peace, trust, fear, adjustment and affection, as well as some gaps between the available supply of Kindergartens in certain areas and the real needs of some families, especially in terms of schedules. This thesis leaves open up to what extent the satisfaction of those needs may interfere with the welfare of such young children.
Descrição: Tese de mestrado em Educação (Formação Pessoal e Social), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2008
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000564279
http://hdl.handle.net/10451/1343
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
19925_ulfc091527_tm_Representacoes_dos_pais_em_relacao_a_Creche.pdf2,85 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.