Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1376

Title: Aculeate hymenopterans communities as a management tool for the evaluation of habitat integrity and quality, in the Vale do Guadiana Natural Park
Authors: Vieira, Lígia Maria Marques Cota
Advisor: Serrano, Artur Raposo Moniz
Keywords: Entomologia
Biodiversidade
Conservação da natureza
Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Abstract: The creation of Protected Areas was one of the first measures taken for the protection of biodiversity and it is still the most widely used. The establishment of systems to evaluate the effectiveness of the management of these areas is crucial to validate their importance in terms of conservation and guide the managers to their conservation goals. This can be efficiently done with the assessment of indicator groups like Aculeate Hymenopterans, the Aculeata. Aculeata, specifically Apiformes and Spheciformes, gather all the bioindication advantages of using arthropods and are essential to the sustainability of any natural or agricultural ecosystem since they include important pollinators and pest control agents. The Aculeata were sampled with Malaise traps in eight different habitats. The aim of the study was to determine the aculeate hymenopterans communities' characteristic of each of the habitat initially identified by habitat type (manly vegetation) and be able to differentiate the habitats based on their Aculeata communities. Specific richness, equitability and diversity were in general different among the eight habitats. The communities of each habitat were generally differentiated. Habitats differed in one or more families of Aculeata or genera of Apiformes and Spheciformes. It was even possible to associate family Sphecidae and genera Melitturga, Dufourea and Sphex with a specific habitat, BCP, RLM, RLR and BCP, respectively. Several families of Aculeata, genera of Apiformes and Spheciformes showed a preference for the riparian galery (RLR) and a Juniper mixed woodland (COZ), providing a general idea of the ideal conditions for the development of these groups. In conclusion, the results of this study supported the use of Aculeata, specifically Apiformes and Spheciformes, as a suitable management tool for natural areas, and probably also for agricultural areas too
A criação de Áreas Protegidas foi uma das primeiras medidas tomadas para a protecção da biodiversidade e é ainda uma das medidas mais usadas. O estabelecimento de sistemas para a avaliação da eficácia da gestão destas áreas é essencial para validação da importância destas áreas para a conservação e guiar gestores para os seus objectivos. Tal pode ser realizado eficazmente com a avaliação de grupos indicadores como os Aculeados. Os Aculeados, especialmente os Apiformes e os Spheciformes, reúnem todas as vantagens dos artrópodes como bioindicatores e são essenciais para a sustentabilidade de todos os ecossistemas, naturais e agrícolas, uma vez que incluem importantes polinizadores e agentes de controlo de pragas. Os Aculeados foram amostrados com armadilhas de Malaise em oito habitats diferentes. O objectivo deste estudo foi determinar as comunidades de Aculeados características de cada habitat inicialmente diferenciado com base na cobertura vegetal e diferenciar os habitats com base na sua comunidade de Aculeados. A riqueza específica, equitabilidade e diversidade foi, em geral, diferente entre os oito habitats. As comunidades de cada um dos habitat, em geral, foram diferenciadas. Os habitats exibiram diferenças em uma ou mais famílias de Aculeados e em um ou mais géneros de Apiformes e Spheciformes. Foi até possível associar a família Sphecidae e os géneros Melitturga, Dufourea e Sphex com um habitat específico, BCP, RLM, RLR e BCP, respectivamente. Várias famílias de Aculeados, e géneros de Apiformes e Spheciformes mostraram uma preferência pela galeria ripícola (RLR) e bosque misto de Zimbros (COZ) dando alguma ideia das condições ideais para o desenvolvimento destes grupos. Concluindo, os resultados deste estudo confirmam a utilidade de Aculeados, especialmente Apiformes e Sphecifrormes, como uma ferramenta de gestão adequada para áreas naturais, e provavelmente também para áreas agrícolas
Description: Tese de mestrado, Biologia (Biologia da Conservação), 2008, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000567188
http://hdl.handle.net/10451/1376
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
20204_ulfc080530_tm.pdf436.05 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE