Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1429

Title: Monitorização das taxas de poluição urbana usando biomarcadores genéticos em micromamíferos
Authors: Matos, Andreia Patrícia Valentim de
Advisor: Ramalhinho, Graça
Mathias, Maria da Luz
Keywords: Poluição
Monitorização ambiental
Micromamíferos
Qualidade do ar
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Abstract: O ar nas grandes cidades está geralmente contaminado por uma grande variedade de poluentes produzidos em fontes estacionárias e móveis, principalmente através da combustão de derivados de petróleo. Entre esses poluentes, as partículas inaláveis e o ozono troposférico, são reconhecidos como os mais significativos em termos de impactos na Saúde Humana. A bibliografia é extensa em estudos que nos revelam a deficiente qualidade do ar que quotidianamente respiramos. Foram usados quatro testes de mutagenicidade (teste dos micronúcleos, teste das trocas entre cromatídeos irmãos, ensaio do cometa e anomalias dos espermatozóides) para estimar o risco genético induzido pela poluição atmosférica em ratinhos-caseiros (Mus musculus) capturados em três locais da área metropolitana de Lisboa. Os ratinhos capturados foram comparados com ratinhos de laboratório que não foram expostos a agentes genotóxicos ambientais. Os nossos resultados mostram que os ratinhos expostos à poluição atmosférica têm níveis de danos genéticos mais elevados quando comparados com os animais do grupo controlo, indicando que esses animais encontram-se expostos a agentes genotóxicos. Estes testes também demonstraram diferenças quantitativas nos danos genéticos entre as três áreas em estudo (Pontinha > Tapada da Ajuda > Campo Grande), o que poderá indicar que os animais encontram-se expostos a diferentes intensidades dos mesmos agentes genotóxicos ou que estão sujeitos a agentes genotóxicos diferentes.
The air in the large cities is usually contaminated by a variety of pollutants originated from stationary and mobile sources, mainly from the combustion of fossil fuel. Among these pollutants, particulate matter and tropospheric ozone, are now recognized as the most significant in terms of human health impacts. Bibliography is extensive in studies that show us the poor quality of the air we breathe everyday. We used four mutagenicity tests (micronucleus test, sister chromatid exchanges, comet assay and sperm abnormalities) to estimate the genetic risk induced by air pollution in mice (Mus musculus) captured from three different sites of Lisbon's metropolitan area. The mice caught were compared with laboratory mice that were not exposed to agents genotoxic environment. Our results show that mice exposed to air pollution have higher genetic damage when compared to mice from control group, indicating that these animals are exposed to genotoxic agents. These tests also demonstrated quantitative differences of genetic damage between the three study areas (Pontinha > Tapada da Ajuda > Campo Grande), which may indicate that animals are exposed to different intensities of these genotoxic agents or are subject to different genotoxic agents.
Description: Tese de mestrado, Biologia (Biologia Humana e Ambiente), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000569974
http://hdl.handle.net/10451/1429
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
20671_ulfc080615_tm.pdf2.08 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE