Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1437

Title: Caracterização de microssatélites em espécies de ambientes humanizados
Authors: Satar, Inês Madeira
Advisor: Paulo, Octávio
Seabra, Sofia Gonçalves
Keywords: Biologia molecular
Microssatélites
Marcadores genéticos
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Abstract: Os microssatélites são um dos marcadores moleculares mais polimórficos encontrados nos genomas dos eucariotas. Com este trabalho obtiveram-se microssatélites altamente variáveis, que poderão ser posteriormente utilizados em estudos de variabilidade e diferenciação genética populacional em duas espécies animais. As espécies estudadas foram Periplaneta americana (barata americana), uma espécie praga com grande impacto económico-social, e Chamaeleo chamaeleon (camaleão), uma espécie cujas populações ibéricas se encontram em habitats ameaçados pela actividade humana. O isolamento de microssatélites nestas espécies é relevante porque não existem ainda microssatélites desenvolvidos para estas espécies nem para outras próximas, e assim irá contribuir para o estudo da estrutura genética das populações e dos seus padrões de dispersão, informação importante para o controlo da praga no caso da barata comum e para a preservação do camaleão. A construção de bibliotecas genómicas enriquecidas para a presença de microssatélites, utilizando sondas (CA)12 e (AGAT)8 permitiu obter sete loci polimórficos para a barata, e seis para o camaleão. No estudo piloto que incluiu 30 indivíduos de cada espécie, o número de alelos por locus variou entre 2 e 12 na barata, e entre 2 e 11 no camaleão. A heterozigotia esperada variou entre 0,26 e 0,89 na barata e entre 0,08 e 0,89 no camaleão.
Microsatellites are one of the most polymorphic genetic markers found in eukaryotic genome. This work intends to obtain highly variable microsatellites that will later be used in variability and differentiation population genetic studies in two animal species. The studied species were Periplaneta americana (american cockroach), a pest species with great social-economic impact, and Chamaeleo chamaeleon (chameleon), a species whose Iberian populations are in habitats threatened by the human activity. The microsatellite isolation in these species is relevant because there were no microsatellites developed for these species, nor for any other closely related ones, and because it will contribute to the study of the genetic structure of populations and their dispersion patterns, important information for pest control in the case of the american cockroach and for the preservation of the chameleon. For this purpose, genomic libraries enriched for the presence of microsatellites were developed using (CA)12 and (AGAT)8 probes and seven polymorphic microsatellite loci were obtained for the cockroach and six for the chamaleon. In the pilot study that included 30 individuals from each species, the number of alleles per locus varied from 2 to 12 in the cockroach and from 2 and 11 in the chamaleon. Expected heterozygosity varied from 0,26 and 0,89 in the cockroach and from 0,08 and 0,89 in the chamaleon.
Description: Tese de mestrado, Biologia (Biologia Humana e Ambiente), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000571007
http://hdl.handle.net/10451/1437
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
20824_ulfc080641_tm.pdf1.13 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE