Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1509

Título: Caracterização da resposta funcional dos neutrófilos de sangue de doentes com artrite em fase inicial
Autor: Ferreira, Ana Catarina Folgado Pinto
Orientador: Weinmann, Pamela
Telhada, Maria Margarida Blasques
Palavras-chave: Teses de mestrado
Issue Date: 2008
Resumo: A artrite inclui uma diversidade de patologias distintas que têm como ponto comum a inflamação, dor e rigidez numa ou mais articulações. A artrite reumatóide (AR), considerada um modelo clássico de artropatia inflamatória, É uma doença crónica auto-imune de etiologia desconhecida. Os neutrófilos (PMN) são as células mais abundantes do sistema imunitário, constituindo o principal tipo celular a infiltrar o tecido sinovial na fase inicial de uma artrite. Análises de biopsias humanas e estudos em modelo animal indicam que os PMN terão mesmo um papel determinante no desenvolvimento da inflamação articular numa fase precoce da doença. Com base na hipótese de que os PMN circulantes de doentes com artrite inicial terão uma disfunção funcional relacionada com a transição para um estado crónico da doença, o principal objectivo deste estudo foi caracterizar a resposta funcional dos neutrófilos do sangue de doentes com artrite inicial. Estudou-se a expressão da integrina Mac-1 (CD11b) e da L-selectina como resposta a estímulos pró-inflamatórios, a transmigração, migração quimiotáctica, fagocitose e produção de espécies reactivas de oxigénio (ROS) pelos neutrófilos. Verificou-se uma maior produção basal de ROS em neutrófilos circulantes de doentes com artrite inicial e sem tratamento comparativamente ao observado em controlos, sugerindo um maior estado de pré-activação dos neutrófilos a nível sistémico. Registou-se, após tratamento com corticosteróides, uma menor percentagem de PMN circulantes a fagocitar e uma diminuição da transmigração espontânea dos neutrófilos comparativamente a controlos saudáveis, indicando um possível efeito deste tipo de fármacos nos neutrófilos. Em neutrófilos do líquido sinovial observou-se uma menor capacidade fagocitária e produção de ROS, mas uma maior expressão do CD11b, do que no sangue de doentes com artrite inicial, sugerindo alterações funcionais dos neutrófilos no local de inflamação. Os resultados deste trabalho, sendo desenvolvidos e confirmados em estudos posteriores, poderão vir a ser úteis no prognóstico, diagnóstico e eventualmente no tratamento da artrite.
Arthritis includes several distinct diseases characterized by joint inflammation, pain and stiffness. Rheumatoid arthritis (RA) is a chronic autoimmune disease with unknown aetiology and is considered a classical model of inflammatory arthropathy. Neutrophils (PMN) are the most abundant cells of the immune system and represent the largest proportion of cells that infiltrate the synovial tissue in early arthritis. Both observations from human biopsies and studies with animal model suggest that PMN may have an important role in the development of joint inflammation at an early stage of the disease. Based on the hypothesis that blood neutrophils from patients with an early arthritis might have a functional dysregulation contributive to a transition for a chronic state of the disease, the main goal of this study was to characterize the functional response of blood neutrophils from patients with an early arthritis. Therefore, integrin Mac-1 (CD11b) and L-selectin expression as a response to proinflammatory stimuli was studied. Neutrophils transmigration, chemotactic migration, phagocytosis and reactive oxygen species (ROS) production were also analyzed. The results confirmed a higher basal blood neutrophil ROS production in untreated early arthritis patients as compared to healthy controls, thus suggesting a higher pre-activation state of neutrophils at a systemic level in early arthritis patients. Treatment with corticosteroids has resulted in a lower percentage of phagocyting neutrophils and a lower PMN spontaneous transmigration in comparison to controls, indicating a possible effect of this therapy on neutrophils. In synovial fluid neutrophils, there was a lower PMN phagocytic capacity and ROS production, although a higher CD11b expression, in comparison to early arthritis patients' blood. This may suggest the existence of functional changes in neutrophils at the site of inflammation. In conclusion, these results, if confirmed by larger studies, may be a useful tool for the prognosis, diagnosis and eventually treatment of arthritis.
Descrição: Tese de mestrado, Biologia (Biologia Molecular e Genética), 2008, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000575667
http://hdl.handle.net/10451/1509
Appears in Collections:FC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
21548_ulfc092362_tm.pdf1,4 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia