Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15303
Título: Adequação da terapêutica no doente idoso em Portugal
Autor: Ferreira, Rute Isabel Lopes
Orientador: Silva, José Joaquim Costa Cabrita da
Palavras-chave: Critério de Beers
Adequação da terapêutica
Idoso
Morbilidade
Perfil de Prescrição
Medicamentos potencialmente inapropriados
Portugal
Teses de mestrado - 2010
Data de Defesa: 2010
Resumo: Introdução: A elevada prevalência de comorbilidades e polimedicação associada às alterações farmacocinéticas e farmacodinâmicas relacionadas com a idade, tornam o idoso mais susceptível a eventos adversos, daí que a terapêutica geriátrica exija cuidados acrescidos. Esta preocupação conduziu à criação de diversos instrumentos para a avaliação do uso de medicamentos inapropriados no idoso, sendo o Critério de Beers o mais frequentemente utilizado. Objectivos: Avaliar a adequação da terapêutica dos idosos portugueses seguidos em consultas de medicina geral e familiar, caracterizando a morbilidade e o seu perfil farmacoterapêutico. Métodos: Estudo descritivo transversal numa base de dados previamente facultada, a qual integra dados clínicos de 1011 idosos, com idade igual ou superior a 65 anos. Confronto do perfil de prescrição adoptado para as doenças mais prevalentes com as respectivas normas de orientação clínica. Avaliação dos medicamentos potencialmente inapropriados, de acordo com os critérios de Beers operacionalizados para Portugal. Resultados: Cerca de 8% dos doentes idosos tinham pelo menos cinco doenças diagnosticadas e quase 25% apresentavam polimedicação major, factor que está associado a um risco iatrogénico elevado. As doenças cardiovasculares, endócrinas/metabólicas, musculoesqueléticas e psiquiátricas foram as mais frequentes entre os idosos. Consequentemente, os medicamentos mais frequentemente prescritos distribuíram-se por 4 grupos da classificação ATC: grupo C (sistema cardiovascular), grupo N (sistema nervoso), grupo A (tracto alimentar) e grupo M (sistema músculo-esquelético). Observou-se uma elevada proporção de doentes (≈25%) aos quais lhes haviam sido prescritos pelo menos um medicamento potencialmente inapropriado, de acordo com o Critério de Beers. Do total de medicamentos analisados cerca de 6% eram inapropriados, maioritariamente com grau elevado de inapropriação e associados à prescrição de psicofármacos. Conclusões: O presente estudo reforça a necessidade dos médicos portugueses estarem atentos à prescrição de psicofármacos nos idosos, de forma a minimizarem a ocorrência de inapropriação da terapêutica. A análise do perfil farmacoterapêutico sugere a pertinência da colaboração efectiva entre os diferentes profissionais de saúde e da aplicação e uniformização de critérios e/ou normas de orientação científica. Os critérios de Beers operacionalizados para Portugal são um exemplo de um instrumento que poderá servir de base a futuras aplicações informáticas, que facilitem a sua utilização efectiva na prática clínica.
Introduction: The high prevalence of multiple chronic diseases and polypharmacy combined with age-related changes in pharmacokinetics and pharmacodynamics makes the elderly people more vulnerable to drug-related problems. Thus, drug therapy in this group needs special care. In order to evaluate the appropriateness of drug prescription, several tools have been created. The Beers Criteria is the most used tool. Objectives: Assess the appropriateness of drug therapy in elderly outpatients (primary care), in the Portuguese population, characterizing the health problems and the drug prescription pattern. Method: Descriptive cross-sectional study, from a database including the clinical records of 1011 outpatients (age ≥ 65 years old). The prescription pattern, for the most prevalent diseases, was also compared with their current clinical guidelines Analysis of the drugs and therapeutic classes included in the Beers Criteria operationalization to Portugal. Results: About 8% of elderly patients had at least five diseases diagnosed by General Practitioners, and almost 25% had polypharmacy major, which is associated with a high iatrogenic risk. Cardiovascular, endocrine/metabolic, musculo-skeletal and psychiatric disorders were the most prevalent diseases in the studied patients. Consequently, prescribed drugs were distributed mainly in the following ATC (Anatomical Therapeutic Chemical Classification) classes: C (cardiovascular system), N (nervous system), A (alimentary tract) and M (musculo-skeletal system). Using the Beers criteria in the Portuguese population, a high proportion of elderly patients (≈ 25%) with inappropriate medication was detected. Considering all analyzed drugs, about 6% were potentially inappropriate. The majority of those had a high degree of inappropriateness, and was associated with psychotropic prescription. Conclusions: This study reinforces the need for a careful prescription of psychotropic drugs, especially benzodiazepine derivatives, in order to minimize the occurrence of inappropriate therapy in the elderly. The analysis of the prescription pattern suggests the relevance of the effective collaboration between different health professionals, and the application of standard criteria and/or scientific guidelines. The additional support to the physicians, given by adapting the Beers Criteria as an informatics tool, could also result in a more effective use of drugs in clinical practice.
Descrição: Tese de mestrado, Farmácia (Cuidados Farmacêuticos), Universidade de Lisboa, Faculdade de Farmácia, 2010
URI: http://hdl.handle.net/10451/15303
Designação: Mestrado em Cuidados Farmacêuticos
Aparece nas colecções:FF - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM_Rute_Adequacao_terapeutica_doente_idoso_Portugal.pdf1,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.