Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15405
Título: Estudo dos requisitos mínimos para a elaboração de ortoimagens com exatidão de 1.25 m
Autor: Tomaz, Sara Raquel Ferreira
Orientador: Fernandes, João Catalão, 1962-
Sousa, Célia Marise Ferreira de, 1972-
Palavras-chave: Engenharia geográfica
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: Este documento descreve o projeto desenvolvido ao longo do estágio concretizado no Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), que decorreu ao longo do 2º semestre do ano letivo 2013/2014. O IFAP tem como objetivo proceder à validação e ao pagamento decorrente do financiamento da aplicação de diversas medidas definidas a nível nacional e comunitário, no âmbito da agricultura e desenvolvimento rural. Para uma gestão controlada das ajudas no âmbito da Política Agrícola Comum (PAC) é utilizado um sistema de informação geográfica chamado Sistema de Identificação de Parcelas (SIP) que deve ser mantido atualizado e de acordo com as exigências da regulamentação comunitária. No âmbito da PAC foram publicados no passado dia 20 de Dezembro de 2013 novos critérios referentes ao SIP, incluindo a necessidade da atualização das ortoimagens de modo a garantirem um nível de exatidão que seja pelo menos equivalente ao da cartografia à escala de 1:10000 e, a partir de 2016, à escala de 1:5000. A exatidão planimétrica relativa à escala 1:5000 é definida pelo Joint Research Centre (JRC) e corresponde a 1.25 metros. O objetivo deste projeto é compreender quais os requisitos mínimos necessários para garantir os novos valores de exatidão. Para atender a esse objetivo foram realizadas duas tarefas: uma simulação MATLAB, para testar a influência da exatidão altimétrica dos DEM’s utilizados durante o ortoprocessamento na exatidão planimétrica final das ortoimagens, e a ortorretificação digital de vários blocos de imagens, com dois GSD’s distintos (0.50m e 0.24m) e em zonas com diferentes relevos (urbano, serra e floresta). Para o efeito foi utilizado o DTM com espaçamento de 20 metros usado atualmente pelo IFAP para verificar a possibilidade do seu reaproveitamento e vários outros DSM’s gerados a partir de correlação automática de imagens com espaçamentos de 10, 5 e 2.5 metros. Face aos requisitos da JRC para o espaçamento máximo recomendado, de 20 vezes o GSD (10 metros) do DEM utilizado, a hipótese de reutilização do DTM de 20 metros fica automaticamente anulada, mesmo que em alguns casos consiga gerar ortoimagens com precisões inferiores a 1.25 metros. Os resultados do processo de ortorretificação com os modelos digitais de superfície, mostraram que apenas o DSM com espaçamento de 5 metros está apto a responder às exigências da PAC em todos os casos de estudo. Posto isto, a solução de requisitos mínimos apresentada para a elaboração de ortoimagens de acordo com as exigências da nova PAC para 2016, passa pelo reaproveitamento das imagens originais de 2012 com um GSD de 0.50 metros, a partir das quais se deve gerar um novo DSM com espaçamento igual ou inferior a 5 metros e ortorretificar as imagens com esse mesmo modelo digital de superfície.
This document describes the project developed over the internship at Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), which took place over the 2nd half of the school year 2013/2014. The IFAP aims to proceed with the validation and payment resulting from financing the implementation of various measures, defined at national and community level, in the agriculture and rural development. A geographic information system called Sistema de Identificação de Parcelas (SIP) is used to assure a controlled management of the aids provided under the Common Agricultural Policy (CAP), that must be maintained and updated in accordance with the requirements of community rules. On 20th December of 2013, under the CAP, new criteria was published regarding SIP, including the need to update the orthoimagery to guarantee an accuracy that is at least equivalent to the cartography at scale 1:10000, and in 2016, at scale 1:5000. The planimetric accuracy of the scale 1:5000 is defined by the Joint Research Centre (JRC) and corresponds to 1.25m. The objective of this project is to understand what are the minimum requirements to ensure the new values of accuracy. To meet this goal two tasks were performed. The first was a MATLAB simulation to test the influence of altimetric accuracy of the DEMs used during the orthoprocessing in the final orthoimagery planimetric accuracy; and the second was a digital orthorectification of several blocks of images, with two distinct GSDs (0.50m and 0.24m) and in areas with different landscapes (urban, mountain and forest). For this purpose a DSM with spacing of 20m was used, which is currently used by IFAP, in order to verify the possibility of their reuse, and several other DSMs generated from automatic correlation of images with spacings of 10m, 5m and 2.5m. The requirement of the JRC of the maximum recommended spacing is 20 times the GSD (10m) of the DEM used, so the hypothesis of reusing the 20m DTM is automatically rejected, even if in some cases it can generate orthoimages with lower accuracies than 1.25m. The results of the orthorectification process with digital surface models, showed that only the DSM with a spacing of 5 meters is responsive to the requirements of the CAP in all case studies. It was found that the minimum requirements solution presented for the preparation of orthoimages in accordance with the requirements of the new CAP in 2016, is the one that reuses the original images of 2012 with a GSD of 0.50m. From this, it must generate a new DSM with a spacing equal or less than 5m and orthorectify images with the same digital surface model.
Descrição: Projeto de mestrado em Engenharia Geográfica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/15405
Designação: Mestrado em Engenharia Geográfica
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc111903_tm_Sara_Tomaz.pdf4,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.