Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15439
Título: O tinto em transição : definição e redefinação de um rio através da acção colectiva
Autor: Silva, José Pedro Ribeiro da
Orientador: Schmidt, Luísa
Palavras-chave: Protestos ambientais
Acção comunitária
Degradação do ambiente
Rio Tinto (Portugal)
Teses de doutoramento - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: A presente investigação consiste num estudo de caso sobre o protesto ambiental local. São estudadas duas campanhas de protesto centradas no mesmo tema, localizadas no mesmo espaço geográfico, e distanciadas no tempo por menos de uma década, mas ainda assim distintas, porque marcadas por protagonistas, reivindicações e estratégias diferentes. As duas campanhas, centradas na cidade de Rio Tinto e protagonizadas, sobretudo, por actores colectivos locais, tiveram como objecto o rio Tinto, um afluente do Douro que, ao longo do seu percurso de cerca de 10 km, passa por Ermesinde, em Valongo; Rio Tinto, em Gondomar; e Campanha, no Porto. Esta linha de água conhece uma longa história de degradação, que se cruza com o crescimento demográfico e as transformações profundas que a sua bacia demográfica conheceu, e apresenta problemas como a poluição da água, artificialização drástica, ocupação das margens, perda de biodiversidade desvalorização social. As disfunções do Tinto, conjugadas com as mudanças profundas e multidimensionais verificadas nos territórios da sua bacia, esvaziaram-no do seu valor ambiental e socio-cultural e limitaram a sua utilidade económica, ao mesmo tempo que reduziram a sua visibilidade. O Tinto deixou de ser reconhecido como rio; no entanto, o protesto contribuiu para a recuperação e transformação, parcial e em curso, dos seus significados, dando-lhe uma nova visibilidade e activando-o social e politicamente. São reveladas as condições que permitiram a emergência do protesto em Rio Tinto e, ao mesmo tempo, mostra-se de que forma os actores colectivos locais que lideraram o protesto contribuíram para devolver ao Tinto o seu estatuto de rio, revelando-se, ao mesmo tempo, uma articulação estreita entre o ambiente e vários temas sociais, económicos, culturais e políticos.
This investigation consists of a case study about local environmental protest. Two protest campaigns were studied, both centered on the same issue, located in the same geographical space, and separated in time by less than a decade, but still different, because the players, claims and strategies were also different. The two campaigns, located in the city of Rio Tinto and mainly with local collective actors as protagonists, had the Tinto river as their subject. The Tinto is a tributary of the Douro river, about 10 km long, and it crosses the parishes of Ermesinde, in Valongo, Rio Tinto, in Gondomar, and Campanha, in Porto. This small river has a long history of environmental degradation, connected to the demographic growth and deep transformations in its basin, and faces several problems: water pollution, drastic artificialization, occupation of its margins, biodiversity loss and social devaluation. The Tinto's problems, articulated with the deep, multidimensional changes that occurred in the basin's territories, depleted the river's environmental and socio-cultural value and limited its economical utility, while at the same time reducing the river's visibility. The Tinto was no longer recognized as a river; however, the protest has contributed to the – ongoing and partial – transformation of the Tinto's meanings. The river acquired a new visibility and was socially and politically activated. We unravel the context that allowed for the outbreak of protest in Rio Tinto while at the same time showing how the local collective actors who led the protest contributed to recover the Tinto's river status. A close articulation between the environment and several social, economical, cultural and political issues is also revealed.
Descrição: Tese de doutoramento, Sociologia (Sociologia do Ambiente e Território), Universidade de Lisboa, Instituto de Ciências Sociais, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/15439
Designação: Doutoramento em Sociologia
Aparece nas colecções:ICS - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd069280_td_Jose_Silva.pdf13,99 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.