Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15456
Título: Alterações na dispersão de sementes por carnívoros causadas por alterações no habitat
Autor: Teixeira, Isa Sofia de Sá, 1990-
Orientador: Mathias, Maria da Luz, 1952-
Herrera, José
Palavras-chave: Dispersão de sementes
Carnívoros
Habitats
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: A dispersão de sementes é um processo de ecossistema fundamental que determina a distribuição espacial, a expansão e a manutenção das populações e comunidades vegetais. Diversos grupos taxonómicos cumprem o papel de dispersores de sementes, entre os quais os mamíferos carnívoros, particularmente importantes em ecossistemas mediterrâneos. O montado é um sistema agro-florestal, inteiramente desenvolvido pelo Homem, que caracteriza a região sul da Península Ibérica. Durante seculos, a actividade humana tem sido uma constante, no entanto, mais recentemente, tem-se verificado uma intensificação de algumas das práticas agrícolas. Estas levam a alterações muito rápidas e severas na maioria dos habitats, reduzindo a capacidade de adaptação e resiliência das espécies. Apesar da relevância ecológica e económica deste tipo de habitat, pouco se sabe acerca do funcionamento dos processos de dispersão de sementes, especialmente quando mediados por carnívoros. Nesta experiência são explorados os efeitos de distúrbios no habitat na dispersão de sementes por carnívoros. Para isso, foram selecionadas duas áreas de estudo nas proximidades de Évora: um montado continuo e denso e outro com uma cobertura florestal muito agregada e dispersa. Durante quatro meses foram fornecidos frutos experimentais com missangas coloridas no interior, com o objectivo de serem consumidos por carnívoros e tentar simular a dispersão de sementes que ocorre naturalmente. Através da recolha e analise dos dejetos foi possível obter dois kernels de dispersão, um para cada área de estudo. Verificou-se que a diminuição da cobertura florestal influência claramente os padrões de movimento dos carnívoros, levando a uma deslocação do kernel de dispersão para a esquerda, isto é, há um aumento da frequência dos eventos de dispersão a curtas distancias (0 – 400 m) e uma diminuição da frequência dos eventos de dispersão a longas distancias (> 400 m). Através da alteração da ocorrência e abundancia de carnívoros, bem como dos seus padrões de movimento, o distúrbio no habitat poderá ter fortes impactos na dinâmica das populações e estrutura das comunidades vegetais neste tipo de habitat de interesse europeu. Nos ecossistemas mediterrâneos e essencial que sejam tomadas medidas de gestão que tenham em conta estes efeitos de forma a minimizar ao máximo as perdas de biodiversidade e de serviços de ecossistema cruciais como a dispersão de sementes.
Seed dispersal is an essential ecosystem process which determines the spatial distribution, the expansion and maintenance of vegetal populations and communities. Several taxonomic groups play the role of seed dispersers, particularly carnivorous mammals, especially important in Mediterranean ecosystems. The montado is an agroforestry system, entirely developed by man, which characterizes the southern Iberian Peninsula. For centuries, human activities have been prevalent. Nothwithstanding, more recently, there has been an intensification of some agricultural practices, which leads to fast and severe changes in most habitats, reducing the adaptability and resilience of species. Despite the ecological and economic relevance of this type of habitat, little is known about the functioning of seed dispersal processes, particularly when mediated by carnivorous mammals. In this experiment the effects of the habitat disturbance in seed dispersal by carnivores are explored. In order to do so, two study areas were selected near Evora: a continuous and dense montado and another montado with a very dispersed and aggregated forest cover. For four months experimental fruits with colored beads inside were provided with the purpose of being consumed by carnivores so as to simulate the naturally occurring seed dispersal. Through the collection and analysis of faeces it was possible to obtain two dispersion kernels, one for each study area. It was found that the reduction of forest cover clearly influences the movement patterns of carnivores, leading to a displacement of the dispersal kernel to the left, i.e., there is an increase in the frequency of dispersal events at short distances (0 - 400 m ) and a decrease in the frequency of dispersal events over long distances (> 400 m). By altering the occurrence and abundance patterns, as well as foraging movements, of carnivores, habitat disturbance could have a strong impact on plant population dynamic and community structure in this type of habitat of european conservation concern. In Mediterranean ecosystems it is essential that management measures take into account these effects in order to minimize to the fullest the losses of biodiversity and ecosystem services so crucial as seed dispersal.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/15456
Designação: Mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc107396_tm_isa_teixeira.pdf5,18 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.