Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15606
Título: Uma missão para o império : política missionária e o "novo imperialismo" (1885-1926)
Autor: Dores, Hugo Gonçalves
Orientador: Pinto, António Costa
Jerónimo, Miguel Bandeira
Ferreira, António Manuel Antunes de Matos
Palavras-chave: Teses de doutoramento - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: Este trabalho procura compreender o processo histórico de constituição de uma política missionária no império colonial português, num período de crescente internacionalização da problemática da religião e das missões nos contextos imperial e internacional, com a afirmação da liberdade missionária e da tolerância religiosa enquanto princípios essenciais na obra “civilizacional” europeia nos espaços coloniais africanos. A análise da complexidade de um processo que relaciona “missão” e “império”, nas suas múltiplas expressões históricas e manifestações geográficas, é feita a partir de três dimensões essenciais para o debate empreendido pelos actores históricos da época: a dimensão católica, com a centralidade da problemática padroeira e a procura de uma solução concordatária como forma de auxiliar a consolidação da soberania imperial portuguesa em África; a dimensão protestante, vista como “ameaça” ao império, sublinhando as percepções formadas em torno do seu carácter «herético» e, principalmente, «estrangeiro», cruciais para o argumentário colonial português; a dimensão republicana, com as vicissitudes para a definição de uma política missionária nacionalizadora e os limites da aplicabilidade de uma estratégia legislativa iminentemente ideológica. Abrangendo o período que vai da Conferência de Berlim (1885) à publicação do Estatuto de João Belo (1926), este estudo tem como objectivo principal interrogar o lugar do projecto missionário português nas dinâmicas históricas do “novo imperialismo”, interpelando os acontecimentos e os processos históricos que promoveram e condicionaram a formulação de uma política missionária no império colonial português em África.
This study intends to understand the historical process of the constitution of a missionary policy in the Portuguese colonial empire, in a period marked by an increasing internationalization of religious and missionary issues in imperial and international contexts, with the affirmation of missionary freedom and religious tolerance as fundamental principles in the European “civilizational” work in the African colonial spaces. The analysis of the complexity of a process that relates “mission” and “empire”, in their multiple historical expressions and geographical manifestations is based on three main dimensions which were essential to to the debate undertaken by the actors of the time: the Catholic dimension, with the centrality of the Patronage question and the pursuit of a concordatory solution as an auxiliary to the consolidation of Portuguese imperial sovereignty in Africa; the Protestant dimension, seen as a “threat” to the empire, addressing the perceptions formed over its character as “heretical”, and specially, as “foreigner”, which were crucial to the Portuguese rhetoric; he Republican dimension, with the ups and downs of the definition of a nationalizing missionary policy and the limits of the applicability of a particularly notable ideological legislative strategy. Covering the period from the Berlin Conference (1885) to the publication of the Statute of João Belo (1926), this study aims to assess the place of the Portuguese missionary project in the historical dynamics of the “new imperialism”, focusing on the historical events and processes that promoted and conditioned the formulation of a missionary policy in the Portuguese colonial empire in Africa.
Descrição: Tese de doutoramento, História («Impérios, Colonialismo e Pós-Colonialismo»), Universidade de Lisboa, ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, Universidade Católica Portuguesa e Universidade de Évora, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/15606
Designação: Doutoramento em História
Aparece nas colecções:ICS - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd069560_td_Hugo_Dores.pdf2,8 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.