Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/15658
Título: Estudo da atividade antioxidante, inibição do enzima AChE e interação com sinvastatina (fármaco inibidor da biossíntese do colesterol)
Autor: Ribeiro, Maria João da Silva
Orientador: Serralheiro, Maria Luísa, 1957-
Palavras-chave: AChE
Atividade antioxidante
HMG-CoA reductase
Compostos fenólicos
Células HepG2
Teses de mestrado - 2014
Data de Defesa: 2014
Resumo: As plantas têm sido usadas sob forma de infusões para melhorar os sintomas associados a diversas patologias nomeadamente diminuição de memória doenças cardiovasculares. Neste trabalho foram analisadas folhas de planta “kiwi” (Actinedea deliciosa) e infusões de misturas de plantas, comercias, todas elas com indicações para facilitar o trânsito digestivo e redução do colesterol na corrente sanguínea. Procedeu-se à identificação de alguns componentes na decocção das folhas da planta de “kiwi” por HPLC-DAD e LC-MS, tendo-se determinado a atividade antioxidante e inibitória de acetilcolinesterase. A composição química evidenciou compostos derivados de flavonoides, sem existência de derivados de ácido cafeico. As folhas de “kiwi” apresentaram um valor de EC50 de 0,586±0,027 μg/ml e os extratos das plantas comerciais designadas por A, B e C tiveram os valores de 0,430± 0,004 mg/ml, 0,443±0,023 mg /ml, e 0,497±0,25 mg respetivamente. No que respeita à inibição de acetilcolinesterase, os valores de IC50 para as folhas de “kiwi”, e extratos de plantas comerciais A-C foram 0,801±0,02 mg/ml, 0,61±0,08 mg/ml, 0,668±0,09 mg/ml, e 0,588±0,15 mg/ml respetivamente. Os ensaios de digestão feita com sucos artificias demonstraram não haver alterações na composição química dos extratos. Foram efetuados estudos de toxicidade dos extratos em células HepG2. Realizaram-se ensaios sobre a inibição do enzima HMG-CoA reductase usando simultaneamente extratos das plantas e fármaco mais comum para redução do colesterol, sinvastatina.
Plants have been used like infusions to improve the symptoms associated to a large variety of pathologies as lost of memory and cardiovascular diseases. In this work, “kiwi” leave (Actinedea deliciosa) has been analysed, so as another three commercial herbal infusions, all of them to facilitate digestive transit and cholesterol reduction in the blood circulation. HPLC-DAD e LC-MS has been made to identify some compounds in the decoctions, and antioxidant activity as well as acetilcolinesterase activity have also been determined. The chemical composition showed that flavonoid derivatives were the main compounds, there were no traces of caffeic acid derivates. The “kiwi” leaves showed an EC50 value of 0,586±0,027 μg/ml, and the three commercial infusion A-C shown 0,434± 0,004 μg/ml, 0,443±0,023 μg/ml, and 0,497±0,25 μg/ml respectively. Acetilcolinesterase activity shown an IC50 value for the “kiwi” laves and infusions A-C, 0,801±0,02 mg/ml, 0,61±0,08 mg/ml, 0,668±0,09 mg/ml, and 0,588±0,15 mg/ml respectively. The digestion trials made with artificial juices showed that he chemical composition of the extracts was kept constant. Studies were made to determine the extract toxicity to HepG2 cells. The using simultaneous use of the plant extracts and the drug used to reduce cholesterol, simvastatin on the inhibition of HMG-CoA reductase enzyme was analysed.
Descrição: Tese de mestrado em Química, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/15658
Designação: Mestrado em Química
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc111909_tm_Maria_João_Ribeiro.pdf1,36 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.