Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/16131
Título: Caracterização da atividade de Geocaching no Parque Natural da Arrábida
Autor: Martins, Gonçalo Filipe de Matos, 1989-
Orientador: Guerreiro, José, 1958-
Mendes, Ricardo Nogueira
Palavras-chave: Conservação da natureza
Turismo
Actividades lúdicas
Parque Natural da ArrábidaPorugal
Data de Defesa: 2014
Resumo: O geocaching é uma atividade recreativa em pleno crescimento, contando nos dias de hoje com mais de 6 milhões de praticantes a nível global. Este jogo, uma espécie de caça ao tesouro moderna, usa as novas tecnologias para ligar o espaço real ao virtual, estando os dados referentes à atividade organizados e atualizados no website oficial. No entanto, a fase de busca dos tesouros decorre ao ar-livre, tendo uma forte componente geográfica em íntima ligação com os valores existentes. Sendo as Áreas Protegidas uma dos principais meios de conservação no presente, concentrando valores naturais e culturais, estes dois mundos sobrepõem-se, não havendo no entanto estudos científicos nesse âmbito. Por outro lado, sendo o turismo de natureza um produto-chave para Portugal, escasseiam meios para o desenvolver, promover e monitorizar devidamente, havendo muito por onde melhorar a nível da gestão das Áreas Protegidas. Assim, estando disponíveis todos os dados relativos à prática de geocaching em áreas protegidas, estes podem ser um meio para compreender melhor o que se passa nestas áreas. O presente trabalho olha para a atividade geocaching no Parque Natural da Arrábida, tentando compreender como este se comporta numa área protegida, a nível temporal e espacial, procurando perceber se esta atividade pode ser uma ferramenta útil de interpretação, promoção e monitorização, ajudando à sua gestão. Temporalmente, o geocaching apresenta um comportamento comum a outras atividades de lazer e ar-livre, sendo preferencialmente praticado em períodos de descanso e de clima favorável. As geocaches distribuem-se muito em função dos valores da área protegida, concentrando-se em clusters juntos dos mais emblemáticos. A atividade de geocaching no Parque Natural da Arrábida reflete adequadamente o valor da área em que se encontra e fornece informação nova relativa à sua visitação, podendo ser uma ajuda na gestão da área protegida.
Geocaching is a rapidly growing recreational activity, involving today more than 6 million players worldwide. This game, a modern-time treasure-hunting makes use of new technologies to connect the real and virtual spaces, all the data being organized, up-to-date and available on the official website. Nonetheless, the treasure-hunting phase occurs outdoors, having a strong geographic component and being deeply connected to the values of the area where it occurs. Protected areas being one of today’s main environment conservation tools and gathering many natural and cultural values, this two worlds overlap, although there are not any scientific studies in that scope. Though ecotourism is a key-product to our country, we fall short in ways of develop it, promote it and monitorize it as it should be and there is a lot to improve about the management of protected areas. This way, with all the data about geocaching in protected areas available from the player community, this game can be used as a mean to a better understanding about what is happening in this areas. This work looks at geocaching activity in Arrábida Natural Park, trying to perceive how it behaves in a protected area, time-wise and space-wise, and trying to understand if it can be a useful interpretation, promotion and monitoring tool, helping the managing of the area. Time-wise, geocaching behaves accordingly with other leisure outdoor activities, being practiced more on rest-days and periods of better environment conditions. The distribution of geocaches follow the values of the protected area, being clustered around the more emblematic ones. Geocaching activity in Arrábida Natural Park reflects de values of the area where it occurs and gives us some new visitation data and may be of great help in protected area management.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2014
URI: http://hdl.handle.net/10451/16131
Designação: Mestrado em Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental)
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc107615_tm_goncalo_martins.pdf2,72 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.