Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/16151
Título: Do currículo de física e química instituído ao aplicado nas escolas : das metodologias de ensino à avaliação
Autor: Afonso, Isabel Maria Rosa, 1966-
Orientador: Santos, Leonor, 1949-
Palavras-chave: Teses de doutoramento - 2015
Data de Defesa: 2015
Resumo: O desenvolvimento da educação científica em sala de aula e a sua avaliação, baseada num processo de ação e reflexão, de pesquisa e experimentação sistemática, são dois vetores que aparecem claramente enfatizados no Programa de Física e Química A. Neste contexto, delineou-se o presente estudo com o objetivo de identificar o entendimento que os professores de Física e Química A têm acerca do currículo, como o implementam e como avaliam as aprendizagens. Na busca de conhecimento de configurações contextuais em tempos de mudança, que potenciam ou inibem a atuação do professor na avaliação das aprendizagens inscreveu-se este estudo nas práticas do professor, perspectivadas do seu ponto de vista, integrando pensamento e ação. Trata-se de um estudo de natureza interpretativa, concretizada através da realização de estudos de caso de dois professores. A combinação da entrevista e a observação de aulas permitiu ver e ouvir o professor e a análise documental confirmou a sua ação. A análise e interpretação dos dados obtidos permitem-nos afirmar que os dois professores têm um conhecimento profundo do programa instituído, refletido quer nas planificações que elaboram, quer na sua operacionalização. Ambos manifestam empenho em cumprir o programa e as tarefas que selecionam e implementam vão, no geral, ao encontro das sugeridas nas atuais tendências nacionais e internacionais para o ensino das ciências. A interpretação dos professores, relativamente à avaliação, parece ir ao encontro do paradigma atual. Reconhecem-na como uma tarefa didática de gestão, no entanto, registam-se dificuldades na operacionalização da avaliação formativa, relacionadas com a atitude passiva dos alunos, o excessivo número de alunos em sala de aula e a extensão do programas, impelindo os professores para uma avaliação tradicional, baseada essencialmente nos testes e relatórios dos trabalhos. Apesar de estarem constantemente a questionar, observar e comparar, demonstrando um esforço no sentido de ajudar o aluno a fazer previsões e a justificar a tomada de decisões, a avaliação das competências processuais tem pouco impacto na classificação final, sendo referenciada como fator de erro na avaliação do alunos e conduzindo a desvios entre a classificação interna e a externa.
The development of scientific education in the classroom and its evaluation based on a reflection and action process, of research and systematic experimentation, are two vectors that are clearly emphasized in the “ Physics and Chemistry A School Syllabus”. In this context, this study was outlined with the following objective: Identifying the knowledge that the Physics and Chemistry A teachers have about the Curriculum and the way they implement it and how they evaluate the learnings. Searching the knowledge of contextual settings in times of changes that enhance or inhibit the teacher performance in the process of assessment, this study had its focus on teacher`s practices put in perspective from their point of view and integrating thought and action.This is a study of interpretative nature achieved through carrying out case studies of two teachers. The combination between the interview and the classroom observation, allowed us to observe and to listen the teachers and the documental analysis confirmed their action. The analysis and interpretation of the data obtained, allows us to refer that both teachers have a profound knowledge of their education syllabus that it is either reflected on their long and short-term planning and also on their operationalization. They both show commitment in fulfilling their syllabus and the tasks they have selected are in general related with the ones that are suggested for the teaching of science nowadays not only in Portugal but all over the world. The teacher`s interpretation as far as the evaluation is concerned seems to follow the current paradigm. They recognize it as a didactic task, but there are some difficulties on the operationalization of formative evaluation that is related to the passive attitude of some students, the excessive number of students in the classroom and the extension of the Syllabus impelling teachers to a traditional evaluation method which is mainly based on tests and written reports. Though they are constantly questioning, observing and comparing, showing that they are making an effort to help students making predictions and justifying their decisions, the competence assessment has little impact on the final classification, being referenced as a factor of mistake in students’ assessment and leading to deviations between the internal and the external evaluation.
Descrição: Tese de doutoramento, Educação (Avaliação em Educação), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2015
URI: http://hdl.handle.net/10451/16151
Designação: Doutoramento em Educação
Aparece nas colecções:IE - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulsd070036_td_Isabel_Afonso.pdf6,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.