Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Ciências (FC) >
FC - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1672

Título: Estudo da distribuição de elementos vestigiais em tecidos humanos saudáveis e com carcinoma por espectrometria de raios-X
Autor: Almeida, Tânia Marisa Rego Magalhães de, 1978-
Orientador: Carvalho, Maria Luísa, 1950-
Palavras-chave: Biofísica
Teses de doutoramento
Issue Date: 2007
Resumo: O trabalho desenvolvido nesta tese integrou-se num projecto de colaboração bilateral com o Instituto de Espectroquímica e Espectroscopia Aplicada, na Alemanha, e visa o estudo da distribuição de elementos em tecidos humanos: saudáveis e com tumores malignos por técnicas de espectroscopia de raios-X: a fluorescência de raios-X na sua versão simples (EDXRF) e a fluorescência de raios-X por reflexão total (TXRF). A fluorescência de raios-X é um método de análise elementar qualitativo e quantitativo que se aplica à identificação de praticamente todos os elementos (Z > 13). O princípio do método é muito simples. Utiliza-se uma fonte de radiação X para ionizar os níveis internos dos átomos constituintes da amostra. Na reorganização do átomo e regresso ao estado fundamental, estes átomos podem libertar o excesso de energia através da emissão de um fotão X, de energia igual à diferença de energia de ligação dos níveis entre os quais se deu a transição. Esta radiação é característica do elemento. A detecção e análise do espectro emitido permitem a identificação e quantificação simultânea dos elementos constituintes da amostra. A fluorescência de raios-X na sua versão mais simples é não destrutiva e não necessita de qualquer preparação prévia da amostra. Este equipamento existe no Centro de Física Atómica da Universidade de Lisboa. A aplicação da técnica de fluorescência de raios-X por reflexão total consiste num estudo micro-analítico, na medida em que cada amostra de tecido é cortada em microtomos. Esta técnica requer uma quantidade muito pequena de amostra e tem uma sensibilidade muito superior à primeira técnica, ou seja permite-nos determinar quantidades ínfimas de um dado elemento, da ordem do nanograma por grama de amostra analisada. Este equipamento existe no laboratório Alemão, em Dortmund que esteve envolvido no projecto. Com os resultados obtidos estabeleceram-se padrões de comportamento na distribuição de concentrações para cada elemento, nos tecidos saudáveis e cancerígenos. Foram analisados vários tipos de tecidos cancerígenos e saudáveis do mesmo indivíduo e de diferentes indivíduos: mama, intestino, estômago e útero, por serem tumores de grande incidência. Com esta análise conseguiu-se através de métodos estatísticos: Comparar os resultados obtidos pelas técnicas EDXRF e TXRF. Analisar as concentrações de cada elemento químico, para o mesmo tipo de tecido em todas as amostras, comparando as diferentes sub-amostras (saudáveis e com tumor maligno). Analisar a razão das concentrações de cada elemento químico, para as diferentes subamostras (saudáveis e com tumor maligno), num mesmo tipo de tecido. Segmentar os indivíduos (amostras) para cada tipo de tecido segundo características comuns tendo em conta as razões das concentrações de cada elemento em tecidos com tumor maligno / saudáveis; Segmentar as razões das concentrações de cada elemento químico, para as diferentes subamostras (saudáveis e com tumor), num mesmo tipo de tecido. Classificar de uma forma supervisionada as concentrações de cada elemento nos tecidos saudáveis e cancerígenos, isto é, obter um protótipo de classificação de dados. Como objectivo final pretendeu dar-se uma contribuição para a prevenção do desenvolvimento do cancro, isto é, a partir de um melhor conhecimento sobre as concentrações dos elementos em tecidos com tumor maligno e saudáveis ser possível uma actuação precoce a nível do desenvolvimento do cancro.
Descrição: Tese de doutoramento em Biofísica (Biofísica), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Ciências, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10451/1672
Appears in Collections:FC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
3649_Tese.pdf9,6 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE