Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/1717
Título: Dois olhares sobre a alteridade: o Outro em A correspondência de Fradique Mendes, de Eça de Queirós, e Nação crioula, de José Eduardo Agualusa
Autor: Dinis, Eva Maria Afonso Moreira da Cruz
Orientador: Mata, Inocência, 1957-
Palavras-chave: Queirós, Eça de, 1845-1900 - Crítica e interpretação
Agualusa, José Eduardo, 1960- Crítica e interpretação
Literatura portuguesa - séc.19 - História e crítica
Literatura angolana - séc.20 - História e crítica
Identidade
Alteridade
Teses de mestrado - 2009
Data de Defesa: 2009
Resumo: Num mundo hoje em dia marcado pela globalização, estudos culturais sobre a diferença e sobre a alteridade, torna-se necessário considerar também o papel da literatura na produção e recriação de personagens com identidades mutáveis, que podem ser alvo de novos vieses interpretativos. Esta dissertação foca as obras A Correspondência de Fradique Mendes, de Eça de Queirós, e Nação Crioula, de José Eduardo Agualusa, e o modo como as personagens principais destas obras, ambos versões diferentes de um Eu que é também um Outro, participam em diferentes contextos culturais e o modo como as suas identidades são mutáveis e adaptáveis. Para tal, foram utilizados como enquadramento teórico os campos dos estudos culturais, estudos literários e de bases comparatistas, e estudos sociocul turais, bem como obras que focam os campos teóricos da diferença, alteridade e identidade. Uma análise teórica, baseada em observações de bases culturais, aponta para o carácter transformacional das identidades culturais dos indivíduos quando colocadas em contacto com o Outro.
In a world clearly marked by globalisation, the importance of cultural studies, as well as studies on difference and alterity, becomes ever-increasing. As literature represents reality, it is also important to bear in mind how fictional characters can be produced, reproduced and recreated bearing in mind how the mutability inherent to characters' personalities lends the possibility of new interpretations. Focusing on the works of Eça de Queirós, A Correspondência de Fradique Mendes, and José Eduardo Agualusa, Nação Crioula, this work will present how the two characters relate to their cultural surroundings and also to each other. This will show how their identities, being dynamic, are continually changing and growing into new, more adaptable, versions of the Self; this change can only happen when the Self and its own preconceived ideas are faced with the Other. In order to do so, the majority of texts read were in the fields of cultural studies, literary and comparison studies, and socio-cultural studies, as well as some specific works focused on difference, otherness and identity. As a theoretical analysis based on cultural studies, this work points to the way an individual's cultural identity are inherently transformational when the Self meets the Other.
Descrição: Tese de mestrado, Língua e Cultura Portuguesa, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000574111
http://hdl.handle.net/10451/1717
Aparece nas colecções:FL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
21689_ulfl071259_tm.pdf906,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.