Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1741

Título: Nobilitação urbana no Bairro Alto: análise de um processo de recomposição socio-espacial
Autor: Mendes, Luís Filipe Gonçalves
Orientador: Salgueiro, Teresa Barata, 1948-
Palavras-chave: Nobilitação urbana
Planeamento urbano
Sociologia urbana - Bairro Alto (Lisboa, Portugal)
Teses de mestrado - 2008
Issue Date: 2008
Resumo: O actual fenómeno de nobilitação urbana deve ser contextualizado nas profundas alterações económicas que têm decorrido nos espaços urbanos dos países ocidentais de capitalismo avançado desde os finais dos anos sessenta. Estas transformações não podem, porém, ser somente compreendidas e analisadas como resultado dos circuitos especulativos de valorização/desvalorização do solo urbano e dos bens imobiliários nele existentes, assim como de políticas de intervenção urbanística-arquitectónica, mas também das alterações que aquela reestruturação económica desencadeou na estrutura profissional e na textura social da cidade, com o declínio da produção e do emprego industriais e do rápido crescimento do sector terciário qualificado no seu interior. Seleccionando o Bairro Alto como caso ilustrativo deste processo de reestruturação urbana na cidade de Lisboa, analisaremos as importantes transformações na sua estrutura demográfica e socio-cultural, com a chegada de novos moradores desde o início dos anos 80. A hipótese é a de que a reconfiguração de estratégias residenciais de sectores sociais específicos tem conduzido à emergência de novos modelos de apropriação e de vivência do habitat e, por conseguinte, ao aparecimento de novos produtos imobiliários e novos formatos de alojamento no bairro. Estes assumem a forma de enclaves residenciais, o que reforça a fragmentação do espaço urbano.
Nowadays' phenomenon of gentrification must be contextualised in the profound economic changes which have been taking place in the urban spaces of capitalist western countries since late 1960s. These changes cannot, however, be only understood and analysed as a result of speculating circuits of valuation/devaluation of the urban land and the estate goods existing there. The same happens with urban-architectonic policies of intervention, as well as with changes resulting from economic restructuring in the professional structure and social fabric of the city, with the decline of industrial production and employment and the rapid growth of qualified tertiary sector at its core. Choosing Bairro Alto as an illustrative case of this restructuring urban process in the city of Lisbon, I will analyse the most important changes in its demographic and sociocultural structure, with the arrival of new dwellers since the beginning of the 1980s. The hypothesis is that the residential strategies' reconfiguration of specific social sectors have been leading to the emergence of new appropriation and living models and, consequently, to the appearance of new estate products and new lodging formats in the neighbourhood. These assume the form of residential enclaves, which reinforce the urban space fragmentation.
Descrição: Tese de mestrado em Geografia apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2008
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000544902
http://hdl.handle.net/10451/1741
Outros identificadores: 
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
21934_ulfl061116_tm_capa_indice_resumos.pdf65,83 kBAdobe PDFView/Open
21935_ulfl061116_tm.pdf3,91 MBAdobe PDFView/Open
21936_ulfl061116_tm_mapas1.pdf2,1 MBAdobe PDFView/Open
21937_ulfl061116_tm_escala.pdf2,66 kBAdobe PDFView/Open
21938_ulfl061116_tm_aloj1.xls154 kBMicrosoft ExcelView/Open
21939_ulfl061116_tm_aloj2.xls198,5 kBMicrosoft ExcelView/Open
21940_ulfl061116_tm_alojocupproprietario_I.emf1,88 MBUnknownView/Open
21941_ulfl061116_tm_alojocupproprietario_II.emf1,88 MBUnknownView/Open
21942_ulfl061116_tm_alojfamilclassicos.emf1,88 MBUnknownView/Open
21943_ulfl061116_tm_estadocivilsolteiro.emf1,94 MBUnknownView/Open
21944_ulfl061116_tm_pop20a39.emf2,06 MBUnknownView/Open
21945_ulfl061116_tm_pop91.2001.xls365,5 kBMicrosoft ExcelView/Open
21946_ulfl061116_tm_popactiva.emf2 MBUnknownView/Open
21947_ulfl061116_tm_familiasclassicas.emf1,89 MBUnknownView/Open
21948_ulfl061116_tm_variapopulacional.emf1,97 MBUnknownView/Open
21949_ulfl061116_tm_indice_quadros.pdf4,23 kBAdobe PDFView/Open
21950_ulfl061116_tm_indice_figuras.pdf6,04 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia