Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1748

Título: Relatório de estágio efectuado na empresa Sintagma Traduções, Lda.
Autor: Raposo, Ricardo André Boto
Orientador: Seruya, Teresa, 1950-
Palavras-chave: Tradução - Portugal
Legendagem - Portugal
Empresas de tradução - Portugal
Relatório de estágio de mestrado - 2009
Issue Date: 2009
Resumo: A legendagem, a par da dobragem, são os meios de tradução audiovisual que mais são empregues a nível mundial. No caso de Portugal, é mesmo a legendagem que assume o protagonismo, dado que é o meio mais utilizado para se efectuarem traduções para televisão, cinema e DVDs. Sensivelmente na última década, a importância da legendagem aumentou com a criação de novos canais de televisão, nomeadamente da TV Cabo (actualmente Zon TV Cabo). Antes disto, Portugal tinha apenas quatro canais de televisão e nem toda a programação era estrangeira, pelo que as legendagens encomendadas eram poucas. Contudo, com o aparecimento repentino de tantos canais, a legendagem começou a ser mais requisitada do que nunca. Quando os vários canais da TV Cabo surgiram, nem todos eram legendados. Sendo assim, os responsáveis por parte desses canais começaram a encomendar legendagens como um meio de aumentar as audiências. Foi o caso do canal “Zone Reality”, que antes se chamava “Reality Channel”. Um dos motivos para ter sido a legendagem a ganhar importância no contexto português e não outro tipo de tradução audiovisual, deve-se ao facto de ser o meio mais barato de se obter uma tradução para este efeito. Para além disso, é um processo mais rápido do que a dobragem, o segundo meio de tradução audiovisual mais popular em Portugal. Sempre tive um grande gosto pelo acto de traduzir, pelo que decidi tirar um curso de Tradução. Como sequência do mesmo, acabei por frequentar o Mestrado em Tradução e decidi ir estagiar numa empresa de legendagem, dando seguimento ao convite que me tinha sido endereçado pela Dra. Rosário Vieira, directora-geral da mesma. O presente relatório serve para dar a conhecer o trabalho que efectuei durante o meu estágio em Oeiras na empresa Sintagma Traduções, Lda, doravante designada por Sintagma. No total passei quatro meses a fazer trabalhos de legendagem (entre Janeiro e Maio de 2009), o que me permitiu fortalecer os conhecimentos que já possuía nesta área. Antes de iniciar o referido estágio, já tinha frequentado o seminário de Tradução Audiovisual do Espanhol dado pela Dra. Rosário Vieira e feito alguns trabalhos para a empresa dela durante alguns meses, pelo que já tinha algumas bases. Quando cheguei à Sintagma, comecei logo a legendar, sendo que a revisora ia orientando o meu modo de trabalhar e as opções que tomava à medida que revia os meus trabalhos. Dividido em três partes distintas, o relatório pretende mostrar uma ampla visão daquilo que são os trabalhos audiovisuais com especial destaque para a legendagem, dado que foi a área onde trabalhei. O primeiro capítulo é teórico e subdivide-se em três partes: primeiro irei fazer uma introdução geral ao meio audiovisual, em segundo irei falar das especificidades da legendagem e, em terceiro, irei apresentar algumas técnicas de tradução passíveis de serem utilizadas neste tipo específico de tradução audiovisual. A segunda parte do relatório é composta pela exposição e análise das dificuldades de tradução que encontrei nos trabalhos que efectuei e que considerei relevantes o suficiente para figurarem no relatório. Por sua vez, o terceiro capítulo é uma espécie de conclusão onde irei fazer o balanço do estágio, apresentar os pontos positivos e negativos do mesmo e traçar uma opinião geral desta experiência desta experiência pelo mundo profissional da tradução. No que diz respeito ao primeiro capítulo, procedi a uma introdução geral à tradução para o audiovisual com especial destaque para a legendagem. Após esta breve introdução geral, alongo-me um pouco mais sobre as características específicas da legendagem, chegando mesmo a criar uma secção onde descrevo pormenorizadamente as regras impostas pelos clientes da Sintagma. Após a enumeração das várias regras, procedo à análise de outros tipos de tradução audiovisual onde, ainda assim, optei por incluir a legendagem dada a enorme importância que tem neste relatório. Falo ainda sobre os processos de dobragem, voz-off, tradução de videojogos, legendagem em tempo real e respeaking. Na secção seguinte, discuto os problemas linguísticos e culturais na tradução de produtos audiovisuais, nomeadamente as referências especificamente culturais (nomes de sítios, referências a desportos), as características específicas da língua (modos de cumprimento, linguagem tabu) e zonas de sobreposição entre língua e cultura (músicas, piadas, rimas). Seguidamente, apresento uma das secções chave do relatório, a do Código da Boa Prática em Legendagem., que serve de base aos legendadores. Apesar de ter sido aprovado há onze anos (1998), a maior parte das indicações do mesmo são ainda actuais para a legendagem contemporânea. Proponho uma tradução para o Código e comento cada um dos aspectos aí retratados. Para finalizar o primeiro capítulo, discuto algumas técnicas que podem ser utilizadas na tradução para legendagem. O segundo capítulo do relatório consiste, como já referi, na análise das dificuldades de tradução encontradas. Foram inteiramente retiradas de trabalhos efectuados por mim e divididas em secções diferentes, conforme o tipo de dificuldade que apresentavam. No final do capítulo apresento uma apreciação geral sobre quais os tipos que ocorrem em cada série com a qual trabalhei e irei tentar chegar a conclusões sobre as características de cada uma delas. Devo ainda realçar que aquelas se baseiam apenas nos resultados obtidos com as minhas traduções, sendo que estas não ilustram um panorama geral da legendagem a nível de Portugal. No terceiro e último capítulo do relatório faço o balanço do estágio, enumerando os aspectos positivos e os negativos. Este balanço não se baseia nos elementos apresentados no relatório, mas sim em alguns aspectos técnicos da própria empresa (por exemplo, condições de trabalho, materiais disponíveis e ambiente de trabalho). Propus-me participar neste estágio, visto que a legendagem é a área da tradução por onde mais gostaria de enveredar. Como tal, o objectivo foi ganhar experiência para conseguir arranjar emprego nesta área mais facilmente de futuro. Contudo, também espero que este estágio me possa abrir portas no que diz respeito a outras áreas técnicas da tradução (tradução literária e técnica por exemplo), isto porque, mesmo não tendo trabalhado nessas áreas, ganhei experiência profissional. Resumindo, pude familiarizar-me com o ramo e ganhar ritmo de legendagem.
Both dubbing and subtitling are the two methods of audiovisual translation more required in the world. In what Portugal is concerned, it’s subtitling that has the leading role, since it’s the method that is more utilized to provide TV, cinema and DVD translations. More or less in the last decade, subtitling’s importance has grown with the creation of new TV channels, namely “TV Cabo1” channels (this company has changed its name to Zon TV Cabo). Before channels number growth, Portugal had only four channels and the majority of TV programming was national productions, so subtitling was not required often. However, with the sudden appearance of so many channels, this changed: subtitling started to be required more than ever. When these “TV Cabo” channels came up, some of them weren’t even subtitled, so the producers responsible for them started to order subtitling works in order to boost ratings. This happened to Zone Reality channel, formerly known as Reality TV. One of the reasons for which subtitling became this important in the Portuguese context and not another audiovisual translation method, is due to the fact that it is the most cheap method to provide TV subtitling. Besides, it’s faster than dubbing, the second most popular method of audiovisual translation in Portugal. I’ve always liked translating very much, so I’ve decided to take a translation degree. When I completed it, I started taking a Master’s degree on translation and, in order to end it, 1 TV Cabo – Cable TV company. I’ve decided to do an internship in a subtitling company since I was invited by Dr. Rosário Vieira (C.E.O. of that company) to do so. The purpose of this report is to show the work I’ve done while doing the internship at Sintagma Traduções, Lda in Oeiras, hereinafter called “Sintagma”. I’ve spent four months doing subtitling works (between January and May of 2009), which allowed me to strengthen the previous knowledge I already had on this area. Before beginning the internship, I had already attended to Spanish Audiovisual Translation classes, which were conducted by Dr. Rosário. Apart from that, I had already done a few subtitling works for her company, so I knew a few things about this kind of work. I started subtitling as soon as I arrived for the first time at Sintagma, and my working method and translation options were monitored when someone reviewed my assignments. This report is divided in three sections and it intends to give a widespread notion of what audiovisual translation is, with particular emphasis to subtitling. The report’s first chapter is theoretical and it’s subdivided in three sections: first I did a general introduction to the audiovisual environment, in second I discussed subtitling specificities and in third I presented a few translation techniques that can be used in this specific approach of audiovisual translation. In the second chapter of the report, I accounted for and analyzed the translation difficulties that I’ve encountered in the assignments that I did and that I felt they were relevant to be incorporated in the report. In what concerns to the third chapter, I will present some sort of conclusion that I’ve been able to draw from the internship, were I will account for its positive and negative aspects and give a general opinion on the thoughts I was able to gather from the professional translation world. In what concerns to the first part, I’ll compile a general introduction to the audiovisual world with particular emphasis to subtitling. After this brief general introduction, I discussed subtitling’s specific characteristics with more details and created a section were I can portray some rules given by Sintagma’s clients that we had to obey to. After talking about these several rules, I analyzed other kinds of audiovisual translation where, nevertheless, I did talk about subtitling given its enormous importance in the report. I discussed dubbing, voice-over, videogames translation, subtitling in real time and respeaking processes. In the following section, I’ll discuss linguistic and cultural problems in audiovisual translation, namely culturespecific references (place names, references to sports), language-specific features (forms of address and taboo language) and overlapping areas between language and culture (songs, jokes, rhymes). Afterwards, I presented one of the key sections of the report: the Code of Good Subtitling Practice, since it’s a basis for all subtitlers. Although it was approved eleven years ago (1998), the majority of its points are still updated for the contemporaneous subtitling. This
Descrição: Relatório de estágio de mestrado, Tradução, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2009
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000571058
http://hdl.handle.net/10451/1748
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
21986_ulfl068163_tm.pdf745,32 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia