Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Letras (FL) >
FL - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/1764

Title: Património e memória: estudo de caso, a ilha de Santiago, Cabo Verde
Authors: Ramos, Rita de Cássia Silva dos Santos
Advisor: Henriques, Isabel Castro,1946-
Neto, Maria João Baptista, 1963-
Keywords: Património cultural - Ilha de Santiago (Cabo Verde)
Memória colectiva - Ilha de Santiago (Cabo Verde)
Identidade colectiva - Ilha de Santiago (Cabo Verde)
História cultural - Ilha de Santiago (Cabo Verde)
Teses de mestrado - 2010
Issue Date: 2009
Abstract: O presente trabalho de pesquisa centrado na problemática do património e memória, tem como objectivo inventariar e analisar alguns elementos do património material e imaterial da ilha de Santiago Cabo Verde, procurando contribuir deste modo para um conhecimento mais rigoroso da memória e identidade cabo-verdiana. Para tanto, analisamos documentos da Direcção de Obras Públicas, do final do século XIX referente ao arquipélago de Cabo Verde, no Arquivo Histórico Ultramarino, mais especificamente Cidade da Praia, revistas e publicações do século XX que reportam a situação da Igreja Matriz e do Palácio do Governo, bem como a questão da Cidade Velha e a evolução contextual das vozes a respeito das ruínas do património caboverdiano ao longo da história de forma atemporal. A história do arquipélago é marcada por intensas calamidades naturais e ecológicas que mobilizam constantemente autoridades, deixa a outros planos nomeadamente a valorização e preservação do património construído. Acerca do património imaterial, Batuque e a Tabanca, buscamos documentários a respeito deste elemento cultural que ainda hoje marca estrutura cultural e social da ilha de Santiago. Queremos pois entender e compreender o processo de construção de um património a partir do seu planeamento, sua génese de criação, em um território africano privilegiando o final do século XIX. Como é construído o património e a relação que o caboverdiano tem com a cultura que lhe foi transmitida? Por outras palavras, como se processou a convivência com um património imaterial, tradicional e de origem africana, contrapondo com a cultura do colonizador e fazendo emergir uma cultura mestiça que caracteriza hoje a sociedade caboverdiana que sobrevive além fronteira?
The present work, devoted to a reflection on the patrimony and memory issues of Santiago Island Cabo Verde, aims to make an inventory of the patrimonial documents and buildings in contribute to the acknowledgment of the memory and the caboverdiana identity. Thus, we analyzed documents regarding to the archipelago of Cabo Verde, essentially to Cidade da Praia, issued by the Direcção de Obras Públicas (Head office of Civil Work Department) in 19th century and which are held by the Historic Ultramarine Archive. In addition, we investigated reports and opinions published in journals and books from the 20th century about the depreciation of the patrimony of Cabo Verde, mainly concerning to Igreja Matriz, Palácio do Governo and Cidade Velha. The history of the archipelago was marked by great natural disasters that have continuously prevented the authorities from pursuing the agenda for the patrimonial valorization and preservation. In order to analyze the cultural patrimony of the Santiago Island Batuque and Tabanca, which still portrays its social and cultural structure, we examined documentaries. Therefore, with this investigation we intend to understand the process of patrimonial construction of this African territory in the 19th century, throughout its planning and organization. In such case, we proposed to answer the following questions: How has the patrimony been built and which relationship do the caboverdiano people have with the culture transmitted by the colonist? In other words, what characterizes the hybrid coboverdiana culture nowadays, which was created by the blending of the colonist culture in counterpoint to the caboverdiana home-grown culture?
Description: Tese de mestrado, História (Arte, Património e Teoria do Restauro), Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2010
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000580204
http://hdl.handle.net/10451/1764
Appears in Collections:FL - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
22240_ulfl071274_tm.pdf6.49 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE