Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17648
Título: Consumo de substâncias psicoactivas em agregados familiares e envolvimento escolar dos alunos
Autor: Miranda, V.
Veiga, Feliciano
Palavras-chave: Consumos de substâncias psicoativas
Estilos educativos parentais,
Envolvimento escolar dos alunos
Data: 2014
Editora: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Citação: Miranda, V., & Veiga, F. (2014). Consumo de substâncias psicoactivas em agregados familiares e envolvimento escolar dos alunos. In F. Veiga, A. Almeida, C. Carvalho, D. Galvão, F. Goulão, F. Marinha, I. Festas, I. Janeiro, J. Nogueira, J. Conboy, M. Melo, C. Taveira, S. Bahía, S. Caldeira, & T. Pereira (Orgs), Atas do I Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas da Psicologia e Educação (pp. 85-100). Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
Resumo: O consumo de substâncias psicoativas em agregados familiares influi negativamente em diferentes quadrantes da vida do consumidor, o que, associado à falta de assertividade parental, tende a comprometer o desenvolvimento psicossocial das crianças e dos jovens expostos a essa realidade. Consideradas crianças e jovens em risco, por coabitarem com elementos que adotam comportamentos disruptivos, tendem a desenvolver uma relação negativa com a escola, tendendo para o insucesso escolar. Objeto de um interesse crescente junto da comunidade científica, o envolvimento escolar dos alunos, por se considerar uma ferramenta no combate ao insucesso e abandono escolar, apresenta-se como aspeto essencial a considerar. Em concreto, a influência da perceção e exposição aos consumos em agregados familiares no envolvimento escolar dos alunos. Assim, fazem parte dos objetivos do presente trabalho analisar a relação entre o consumo de substâncias psicoativas, nos agregados familiares, e o envolvimento dos jovens na escola, verificar a relação entre perceção dos consumos no agregado familiar e perceção de envolvimento parental, bem como analisar a relação entre rendimento escolar e perceção dos consumos praticados no agregado familiar.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/17648
ISBN: 978-989-98314-7-6
Aparece nas colecções:IE - GIPE - Comunicações e Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Livro_Atas_ICIEAE_consumo de substâncias psicoativas.pdf183,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.