Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/17680
Título: Escrita e Municipalismo na transição do Brasil colónia e na ideação do Brasil independente
Autor: Magalhães, Justino
Palavras-chave: Município
Brasil-colónia
Escrituração municipal
Escrita-processo sociopolítico
Ideação do Brasil independente
Data: 2014
Editora: UEPG-Universidade Estadual de Ponta Grossa
Citação: Magalhães, Justino. Escrita e Municipalismo na transição do Brasil colónia e na ideação do Brasil independente. Revista de História Regional, 19 (2) (298-311)
Resumo: A história das câmaras municipais inclui funções de representação, integração, preservação da identidade, fomento do local. Os concelhos eram instâncias judiciais, governativas, económicas; ao desenvolverem-se, os concelhos tornaram-se também sociais, culturais, pedagógicos. A estrutura concelhia foi primordial na política, na administração e na escrituração da sociedade colonial. Serviu os interesses da coroa e serviu o interesse das elites locais. Na transição do Brasil-colónia, os municípios representaram e congregaram as forças vivas locais no caminho do progresso, da reforma do Estado e na conquista da soberania. Deram ânimo e sentido às mudanças, construindo um lema para a vontade política – sentimento nacionalista. O Brasil independente reservou aos municípios um excepcional e inovador papel no fomento da escolarização.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10451/17680
DOI: 10.5212/Rev.Hist.Reg.v.19i2.0003
Versão do Editor: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/rhr
Aparece nas colecções:IE - GIHE - Artigos em Revistas Internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mariana final 2014-Escrita e Municipalismo.pdf172,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.